Physalis, a frutinha exótica que ajuda a emagrecer

Há algumas frutas exóticas, geralmente não tão conhecidas, que fazem um bem enorme à saúde.…


Há algumas frutas exóticas, geralmente não tão conhecidas, que fazem um bem enorme à saúde. A physalis (ou fisalis), também conhecida como juá, é uma delas. Esta bonita e delicada fruta traz muitos benefícios à saúde, inclusive auxiliando nos processos de emagrecimento, por apresentar riqueza de água, vitaminas, fibras e minerais em sua composição.

Physalis, a frutinha exótica que ajuda a emagrecer

Foto: Reprodução

Originária do Amazonas, a physalis possui um sabor doce, levemente ácido e possui poucas calorias, sendo que 100 gramas da fruta contém apenas 50 calorias. A fruta é pequena, amarelada e envolta em folhas. Por desenvolver-se em um ciclo rápido, a physalis pode ser plantada em qualquer época do ano. Inicialmente, o cultivo desta fruta era voltado apenas à pesquisa, depois começou a sua produção no sul do estado de Minas Gerais, na região sul do estado de Santa Catarina e, mais tarde, no estado do Rio Grande do Sul.

Propriedades e benefícios

A physalis é rica em vitaminas A, C, fósforo, ferro, carotenoides e flavonoides. Devido às suas propriedades, a physalis purifica o sangue, fortalece o sistema imunológico, alivia dores de garganta e ajuda a diminuir as taxas de colesterol. A fruta possui elevado poder antioxidante, evitando a formação dos radicais livres no organismo, protegendo-o de doenças.


Ela ajuda a emagrecer?

A physalis pode ser utilizada como uma aliada em dietas de emagrecimento, mas lembre-se que, para eliminar os quilinhos extras de forma saudável, é necessário aliar uma alimentação saudável e balanceada à prática de exercícios físicos.

Por ser rica em fibras, a physalis ajuda a regular o funcionamento do intestino e a diminuir o apetite, dando a sensação de saciedade, auxiliando, assim, no processo de emagrecimento.

Os benefícios trazidos por suas propriedades não param por aí: além de nutritiva, a physalis tem poder terapêutico, devido a presença de uma substância denominada fisalina, que atua como anti-inflamatório.

Modos de consumir

A fruta pode ser consumida em sua versão natural (basta colocar as folhas que a protegem para trás e morder a fruta), assim como também pode ser utilizada na preparação de geleias, sorvetes e molhos para saladas.


Reportar erro