Sem estragar: saiba como guardar corretamente o tomate em casa

Antes de fazer o armazenamento do tomate, é necessário higienizar este fruto de forma adequada. Confira


Ele é um tipo de fruto de cor vermelha e utilizado frequentemente em saladas e no tempero de inúmeros alimentos e pratos típicos da culinária brasileira. Tendo ainda sua polpa utilizada na produção de diversos molhos. É claro que você já deve ter imaginado que estamos nos referindo ao tomate. Por falar neste fruto, você sabe a forma correta de armazená-lo sem que o mesmo se estrague rapidamente? Confira no decorrer desta publicação.

A maneira correta de guardar tomate

Antes de fazer o armazenamento do tomate, é necessário higienizar este fruto de forma adequada, secando-o corretamente logo em seguida. Feito isso, perceba como está a maturidade do tomate: se está mais ou menos vermelho, dotado de alta ou baixa concentração de licopeno.

Se o fruto estiver verde ou meio esbranquiçado, deixe-o fora da geladeira, uma vez que, em ambiente com temperatura elevada, o amadurecimento do tomate ocorre mais rapidamente. Todavia, isso pode, em alguns casos, reduzir o tempo de vida útil do fruto. Já quando este alimento estiver maduro, recomenda-se guardá-lo em temperatura que varia de 7° C a 10° C, ou seja, em geladeira.


Sem estragar: saiba como guardar corretamente o tomate em casa

Foto: Pixabay

Confira os benefícios do tomate

Fonte de vitaminas A e C, as quais atuam como excelente antioxidante e agentes de combate aos radicais livres, o tomate é um fruto capaz de fortalecer ossos, vasos sanguíneos, tendões e dentes.

O mesmo possui um extenso potencial para impulsionar o sistema imunológico. Além dos nutrientes já mencionados, o tomate é ainda dotado de licopeno, substância a qual é responsável pela coloração deste fruto e que é capaz de estimular e beneficiar o sistema imunitário. Inclusive, quanto mais vermelho for o tomate, maior é a quantidade de licopeno em sua composição.


Reportar erro