Os pontos positivos e negativos da carne vermelha

A polêmica envolvendo vegetarianos e carnívoros não é de hoje: alguns defendem fortemente o consumo…


A polêmica envolvendo vegetarianos e carnívoros não é de hoje: alguns defendem fortemente o consumo de carne vermelha; enquanto outros são absolutamente contra. O objetivo aqui não é reforçar qualquer tipo de polêmica ou causar discussões acaloradas, mas sim expor o lado bom e ruim do consumo de carne vermelha, para que, com base nisso, o indivíduo possa decidir o que é melhor para si. Assim, de mente aberta, leia o que faz a carne vermelha ser benéfica ao organismo, e o que em alguns momentos a faz ser uma escolha duvidosa.

Os pontos positivos e negativos da carne vermelha

Foto: Reprodução


Pontos positivos

  • A carne é uma das melhores fontes de proteína e ferro que podem ser encontradas. É fato que alimentos de origem vegetal também podem conter ferro, mas não tão facilmente absorvível como o ferro contido na carne;
  • A vitamina B12 também tem na carne sua maior fonte, e é encontrada em quantidades menores em alimentos de origem vegetal;
  • A carne possui grandes quantidades de zinco;
  • O consumo regular de carne em porções razoáveis combate e evita anemia e o cansaço, aceleram a regeneração muscular e aumentam o ânimo e disposição do indivíduo.

Pontos negativos

  • O consumo excessivo de carne vermelha, como grande fonte de proteína, pode sobrecarregar os rins;
  • Rica em gordura saturada, a carne vermelha pode elevar as taxas de colesterol;
  • Seu consumo exagerado pode aumentar o risco de diabetes, obesidade e doenças cardiovasculares;
  • Alguns estudos relacionam o consumo diário de carne com a incidência de câncer. Pessoas que consumiam carne no máximo 3 vezes por semana não evidenciaram probabilidades de desenvolver a doença.

Dicas para se alimentar de carne vermelha

  • Evite frituras, busque preparar a carne de forma assada ou grelhada;
  • Durante o preparo da carne vermelha, use a menor quantidade de óleo possível;
  • Remova das carnes prontas as partes “queimadas”, pois nelas se encontram os maiores riscos de células tumorais;
  • Opte sempre pelos exemplares mais magros da carne vermelha, como patinho, filé mignon, maminha e alcatra.

Reportar erro