OPINIÃO: Dias de calor pedem atenção com a hidratação do corpo

Mesmo com a correria do dia a dia, a ingestão de líquidos não pode ser deixada de lado


*Por PEDRO RUBENS PEREIRA JUNIOR

Com as temperaturas elevadas em grande parte do país, as pessoas precisam ficar atentas aos cuidados com a saúde, principalmente com a hidratação do corpo. Isso porque o calor excessivo provoca o aumento da transpiração, o que pode resultar na perda de água e minerais e, consequentemente, causar cansaço, dor de cabeça, desregulação do trânsito intestinal, tonturas, entre outros sintomas.

Para evitar esse problema, é essencial consumir água, pois a ingestão de líquidos é a melhor maneira de combater a desidratação, além de ser essencial em todos os processos metabólicos vitais do organismo. O elemento é o grande responsável por manter o organismo em equilíbrio, digerir e absorver os alimentos, diminuir a densidade do sangue, minimizar o inchaço, regular a temperatura corporal, reduzir infecções e desintoxicar.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), para manter o corpo saudável, uma pessoa deve beber entre oito e dez copos de água por dia (aproximadamente dois litros), enquanto as crianças devem ingerir de quatro a seis copos. Nos dias mais quentes, porém, deve-se aumentar a ingestão.

OPINIÃO: Dias de calor pedem atenção com a hidratação do corpo

Foto: pixabay

Quando falamos em hidratação, bebidas como os sucos de frutas, que, além de possuir água em sua composição, fornecem também diversos nutrientes ao organismo, são ótimas opções. Outra que merece destaque é a água de coco, pois conta com composição semelhante à de líquidos corporais, contribuindo também para a reposição de minerais como o potássio, geralmente perdido pela transpiração – nesse caso, a única ressalva é para as pessoas hipertensas e com deficiência renal, que precisam consumir com cautela, pois a bebida possui sódio entre seus nutrientes.


Para aqueles que praticam atividades físicas, a recomendação é apostar nas bebidas isotônicas, desenvolvidas para repor os líquidos e sais minerais perdidos pelo suor, o que garante uma melhora no desempenho esportivo – o ideal é consumir ao término de uma atividade física de alta intensidade. Também é importante destacar que os atletas que consomem líquidos da maneira correta apresentam temperatura interna mais baixa e melhor frequência cardíaca.

Mesmo com a correria do dia a dia, a ingestão de líquidos não pode ser deixada de lado. Para facilitar, escolha uma bebida que agrade o seu paladar (água, suco ou um chá gelado), coloque em uma garrafa e leve a todos os lugares a que for, seja carro, trabalho, academia e até mesmo os cômodos de casa. Essa é a melhor maneira de se manter hidratado e colaborar com a sua saúde.

*PEDRO RUBENS PEREIRA JUNIOR é médico e coordenador do pronto atendimento adulto do Hospital San Paolo.

PARTICIPAÇÃO

Para colaborar com o Remédio-Caseiro, basta enviar artigo para contato@remedio-caseiro.com

Os textos de opinião publicados não refletem, necessariamente, a opinião do Remédio-Caseiro.

Informar erro