Óleo de gengibre: benefícios medicinais e seus usos

O óleo essencial de gengibre é extraído da raiz através de um método denominado “destilação a vapor”. Conheça os benefícios e usos deste óleo


Nativo da Ásia, o gengibre é uma raiz tuberosa utilizada tanto na culinária quanto na medicina, devido às suas inúmeras propriedades. Mais conhecido por ser um termogênico natural, capaz de acelerar o metabolismo e favorecer a queima de gordura corporal, o gengibre também apresenta propriedades anti-inflamatórias, bactericidas e desintoxicantes.

Além disso, do gengibre pode ser extraído um óleo essencial que amplia os benefícios da raiz e que pode ser aplicado de várias maneiras.

Os benefícios do óleo de gengibre

O óleo essencial de gengibre é extraído da raiz através de um método denominado “destilação a vapor”. Este óleo possui uma coloração que muda com o tempo (de amarelo-claro, um pouco esverdeado, até escurecer mais) e aroma parecido ao da raiz de gengibre verde/fresca.

Garrafas com óleo de gengibre ao lado de raízes de gengibre

Foto: Depositphotos


Mais utilizado na aromaterapia, o óleo de gengibre proporciona diversos benefícios à nossa saúde. Confira a seguir:

  • As propriedades medicinais do óleo essencial de gengibre incluem a sua ação antiespasmódica, anti-inflamatória, digestiva, aquecedora e afrodisíaca;
  • O óleo de gengibre combate dores musculares;
  • Ameniza as dores do reumatismo e pode ser utilizado como um aliado para combater a doença;
  • Atua na frigidez;
  • Este óleo ameniza náuseas e tonturas;
  • Pode ser utilizado como aliado no tratamento dos sintomas da depressão;
  • O óleo de gengibre ameniza dores de cabeça e enxaquecas;
  • Proporciona alívio de dores de garganta e congestionamento pulmonar;
  • Auxilia no alívio de indigestões e cólicas menstruais;
  • Pode ser utilizado para tratar a má circulação e músculos cansados ou com cãibras.

Os diversos usos do óleo essencial de gengibre

Confira a seguir algumas dicas de uso do óleo de gengibre:

  • O óleo de gengibre pode ser utilizado em compressas ao redor do pescoço, no abdômen ou em outra parte do corpo que necessite de cuidados;
  • Em massagens, pode ser misturado a outro óleo e serve para tratamento de casos de reumatismo, dores musculares e fadiga;
  • Este óleo também pode ser usado para inalação em casos de náuseas e tonturas;
  • O óleo de gengibre pode ser misturado ao óleo de alecrim para tratar indisposições causadas pelas diferenças de fuso horário após uma viagem aérea;
  • Ao ser aplicado nos cabelos, o óleo de gengibre auxilia no combate à caspa e estimula o crescimento dos fios, pois melhora a circulação no couro cabeludo. Estes efeitos são possíveis graças às propriedades anti-inflamatórias, bactericidas e vasodilatadoras da raiz.
  • Este óleo também pode ser usado para combater as náuseas típicas do período da gravidez.

Reportar erro