O poder de cura da Dieta do Limão

Por Gabriel Oliveira

O limão já é conhecido no mundo inteiro como uma fruta capaz de tratar várias doenças, principalmente as respiratórias. Por não possuir contraindicação, ele pode ser usado por qualquer pessoa, em forma se sucos, compressas, chás, entre outros.

O poder do limão

Cura do limão - uma dieta repleta de benefícios

Cura do limão – uma dieta repleta de benefícios | Imagem: Reprodução

Inúmeros cientistas já fizeram várias pesquisas sobre a eficiência curativa do limão. De acordo com os resultados de tais estudos, o limão é bastante eficaz no combate de doenças como arteriosclerose, gota, reumatismo, artrite e até do envelhecimento. O princípio ativo da fruta, o ácido cítrico, possui uma função importantíssima no metabolismo orgânico, por conta que ele aumenta a quantidade de oxigênio no sangue, evitando que ácidos nocivos ao organismo, fiquem impregnados nos tecidos, o que poderia causar sérias doenças, como as citadas anteriormente.

De uma forma mais simples, o limão consegue, sem nenhuma dificuldade, limpar o sangue através da dissolução das impurezas presentes no mesmo, deixando o PH neutro. Com isso, nenhum microrganismo, vírus ou bactéria consegue se instalar no nosso corpo, por não haver um “ambiente” adequado para o seu desenvolvimento.

Ao contrário do que muitos pensam, o limão faz muito bem para o estômago, eliminando o excesso de ácidos presentes nesse órgão. São esses mesmos ácidos que podem causar problemas como úlceras, gastrites e demais problemas digestórios.

Além de todas essas propriedades, o limão também é um excelente cicatrizante, regula a menstruação e também a pressão arterial.

Outros benefícios

  • Conjuntivite: dilua o sumo desta fruta em meio copo d’água e coe com um algodão. Pingue algumas gotas no olho afetado e os resultados aparecerão em pouco tempo.
  • Febre: durante a noite, pegue dois limões com casca e pique-os. Coloque em uma panela e adicione meio copo d’água. Deixe ferver durante 10 minutos, coe e deixe descansando durante toda a noite. Ao amanhecer, ainda em jejum, tome o líquido.
  • Hemorroidas: pegue uma pêra de borracha (pode ser  encontrada em farmácias) e encha com suco de limão. Introduza no ânus. Faça isso durante três dias. Caso sinta alguma dor, faça imediatamente um banho de acento com água gelada.
  • Nefrite: faça compressas de suco de limão e coloque sob a região dos rins. Isso vai fazer com que você urine rapidamente.
  • Vômitos: basta cheirar a casca de um limão fresquinha na hora em que estiver enjoado. Esse método é bastante eficiente para pessoas que enjoam em viagens de carro, barco, etc.

Para desintoxicar e emagrecer

Como dito anteriormente, o limão é um ótimo aliado na desintoxicação do sangue, servindo para vários problemas, desde uma simples acne, até como ajuda para parar de fumar. Mas o que pouca gente sabe, é que ele também atua no emagrecimento.

Para obter tais benefícios, basta fazer a dieta do limão, que dura exatamente 20 dias. Basta tomar o suco puro do limão, sem adicionar água todos os dias de manhã em jejum, na quantidade relacionada na lista abaixo:

1º Dia: suco puro de 1 limão.

2º Dia: suco puro de 2 limões.

3º Dia: suco puro de 3 limões.

4º Dia: suco puro de 4 limões.

5º Dia: suco puro de 5 limões.

6º Dia: suco puro de 6 limões.

7º Dia: suco puro de 7 limões.

8º Dia: suco puro de 8 limões.

9º Dia: suco puro de 9 limões.

10º Dia: suco puro de 10 limões.

11º Dia: suco puro de 9 limões.

12º Dia: suco puro de 8 limões.

13º Dia: suco puro de 7 limões.

14º Dia: suco puro de 6 limões.

15º Dia: suco puro de 5 limões.

16º Dia: suco puro de 4 limões.

17º Dia: suco puro de 3 limões.

18º Dia: suco puro de 2 limões.

19º Dia: suco puro de 1 limão.

Após o término dessa dieta, você sentirá e perceberá uma diferença notável no seu corpo. Depois de quatro meses, é aconselhável repetir toda a dieta, e se quiser resultados ainda melhores, você poderá dobrar a quantidade de limões por dia. Ou seja, para cada quantidade mencionada na lista acima, você vai multiplicar por dois. Caso não suporte (por conta do gosto ser bastante ácido), mantenha as quantidades antigas.

Essa dieta não é direcionada apenas à pessoas obesas, mas também aquelas que são magras em excesso, o que também pode ser fruto de alterações glandulares.