Nasa aponta plantas que são capazes de purificar o ar em ambientes fechados

Diversos poluentes do ar, a exemplo do xileno, benzeno, tricloroetileno, formaleído e amoníaco foram considerados durante a realização do estudo


Uma pesquisa científica desenvolvida pela Nasa apontou cinco plantas consideradas altamente eficientes para purificar ambientes fechados.

Diversos poluentes do ar, a exemplo do xileno, benzeno, tricloroetileno, formaleído e amoníaco foram considerados durante a realização do estudo.

Bill Wolverson é o nome do responsável pela Wolverton Environmental Services, ONG a qual selecionou os vegetais seguindo critérios como as características e o potencial de filtração e purificação de tais poluentes.

Nasa aponta plantas que são capazes de purificar o ar em ambientes fechados

Foto: Reprodução/ YouTube

Palmeira-dama (Raphis excels)

Esta espécie de palmeira pode atingir até três metros de altura. De acordo com a Nasa, a mesma tem a capacidade de eliminar poluentes como o amoníaco, xileno e o formaleído. A mesma é um tipo de vegetal cuja origem é asiática e que geralmente é cultivada em temperatura média e sem luz direta.


Árvore-da-borracha (Ficus elastica)

Dotada de um elevado nível de transpiração, esta planta é capaz de extinguir poluentes como toluene, benzeno, xileno, tricloroetileno e formaleído, além da umidade do ar. A mesma tem como uma das principais características o seu rápido crescimento.

Espada-de-São-Jorge (Sansevieria trifasciata)

De origem africana, essa espécie é certamente a mais conhecida desta lista. A mesma é um vegetal que não exige muitos cuidados e que sobrevive a quase todas temperaturas climáticas, variando sempre de -5ºC e 40Cº. Tal planta tem a capacidade de eliminar substâncias nocivas como xileno, benzeno, toluente, tricloroetileno e formaleído.

Jibóia (Epipremnum aureum)

Além de bastante popular, a jibóia é também muito resistente. A mesma também pode ser usada para a decoração de casa ou espaços públicos ou de trabalho. Este vegetal se adapta fácil a temperaturas que variam de 17ºC a 30ºC. Esta planta combate poluentes como benzeno, xileno, formaleído e apenas requer água quando o solo fica seco.

Lírio da Paz (Spathiphyllum)

Além de belo, este vegetal tem a capacidade de eliminar os cinco poluentes estudados pela Nasa. O mesmo se desenvolve em temperaturas acima dos 18ºC e pode ser cultivado em locais com pouca luz.


Reportar erro