Música estimula audição e fala em crianças com implantes cocleares

A música ajuda na reabilitação de implantados de todas as idades, no entanto, mostrou-se decisiva no caso de crianças


Além de nos alegrar, animar, emocionar e relaxar, a música também faz muito bem para a nossa mente e nosso corpo. Dependendo do ritmo da canção, a nossa respiração pode se tornar mais calma ou mais ofegante, a pressão sanguínea aumenta ou diminui, os batimentos cardíacos se tornam mais fortes ou mais leves, dentre outras alterações corporais.

A música e seus elementos têm auxiliado no tratamento de várias doenças. De acordo com um estudo realizado pela Universidade de Aalborg, na Dinamarca, a melodia, harmonização e letra podem acelerar a recuperação da audição e aquisição da fala em crianças que utilizam próteses cocleares.

Música proporciona reabilitação da audição

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), 32 milhões de crianças no mundo convivem com a surdez. Um estudo realizado pela Universidade de Aalborg, na Dinamarca, apontou que, quando utilizada especificamente na reabilitação de crianças implantadas com próteses cocleares, a música estimula a audição e incentiva a fala, proporcionando uma recuperação mais promissora.

Música estimula audição e fala em crianças com implantes cocleares

Foto: depositphotos


A música ajuda na reabilitação de implantados de todas as idades, no entanto, mostrou-se decisiva no caso de crianças. De acordo com o estudo, a música alivia a pressão colocada sobre crianças implantadas após o procedimento. “É comum que os pais estejam ansiosos para que a criança comece a falar logo após a cirurgia, mas essa pressão pode atrapalhar o desenvolvimento natural da criança e torná-la introspectiva. Por isso o uso da música durante as sessões de reabilitação é tão importante”, afirma a fonoaudióloga Marília Botelho.

Desenvolvimento da comunicação

Os elementos musicais, como melodia, intensidade, ritmo, timbre e harmonização, ajudam a criança no desenvolvimento da comunicação não-verbal. Isso ajuda a desviar a atenção das expectativas pela oralização e, com o passar do tempo, graças à característica lúdica da música, é possível o surgimento de uma comunicação espontânea, frequente e prolongada.

A musicoterapia auxilia pacientes após a implantação do dispositivo coclear ou durante a habilitação de aparelhos auditivos, mas deve ser inserida de maneira progressiva e indireta.

A empresa austríaca MED-EL, que é a fabricante líder no mercado internacional de implantes auditivos, lançou no Spotify a primeira playlist especialmente desenvolvida para pacientes com implantes cocleares. Os interessados podem conferir a playlist MED-EL Music for Cochlear Implant no serviço de música digital.


Informar erro