Métodos simples e eficazes para acabar com as unhas encravadas

A unha encravada é um tipo de doença bastante comum, e suas causas são as mais variadas; conheça alguns tratamentos naturais para esse mal


As unhas encravadas (onicocriptose) ocorrem quando as bordas crescem e entram na pele do dedo. Geralmente, em conjunção a esse fator, vem a dor, o inchaço e o vermelhidão ao redor da unha. As causas que resultam nesse mal são as mais diversas, mas, na maior parte dos casos, ocorre quando é colocada uma forte pressão sobre o dedo do pé. Essa pressão é comumente causada pelo uso de sapatos muito apertados ou largos.

Outros fatores, como os genéticos, também podem causar esse problema. Algumas pessoas nascem com as unhas muito curvadas, e elas tendem a crescer para baixo, facilitando que as bordas perfurem a pele. Quando cortadas de forma incorreta, as unhas podem encravar. A forma como se corta, sejam as unhas curvadas ou não, requer um cuidado especial. Se cortada muito curta, ou com as bordas arredondadas em vez de retas, elas podem acabar virando e crescendo para dentro da pele.

Métodos simples e eficazes para acabar com as unhas encravadas

Foto: Reprodução/ internet

Infusão com tomilho

O tomilho é uma planta medicinal com diversos efeitos, mas dentre os principais está a sua ação anti-inflamatória e sua capacidade de aliviar a dor e tratar as infecções. Em decorrência desses ativos, se torna ideal para tratar as unhas encravadas.


Coloque duas colheres de tomilho em um copo de água. Deixe ferver durante cinco minutos, e depois, deixe repousar por mais cinco minutos. Então, submerja o pé afetado nessa infusão por várias vezes durante o dia, por pelo menos três dias. Deixe o pé dentro dessa infusão por alguns minutos, e depois, seque-o bem.

Limão e sal

Essa é uma técnica antiga, bastante eficaz e econômica. Você vai precisar de meio limão e um pouco de sal. Com o limão cortado pela metade, faça uma perfuração bem no centro da fruta. Coloque o sal nessa abertura, e depois, o dedo afetado. Deixe agir por 20 minutos. Repita o procedimento diariamente, até que o dedo esteja curado. É um ótimo remédio pois tanto o limão quanto o sal possuem ações desinfetantes e propriedades anti-inflamatórias.

Outras dicas

Existem ainda diversos remédios caseiros ou dicas que podem tratar da unha encravada. Observe abaixo o seguinte passo a passo:

  • Coloque o pé dentro de uma bacia com água quente, diversas vezes durante o dia. Procure repetir esse procedimento por três dias.
  • Massageie suavemente a região com óleo de amêndoas ou azeite de oliva. Se você possui tendência a infeccionar, procure acrescentar também um pouco do óleo essencial de melaleuca, pois possui propriedades antibióticas.
  • Então, pegue um pouco de algodão, ou fio dental, umedeça-o e tente posicioná-lo, devagar, em baixo da unha lesionada.
  • Quando perceber alguma melhora, depois de realizar esse procedimento várias vezes, procure repetir esses passos, e no fim, corte a unha com bastante cuidado. Utilize um instrumento limpo e afiado.
  • Corte a unha de maneira reta, deixando-a quadrada. Não corte em excesso. Evite cortar as partes que estiverem mais encravadas, pois estas precisam ir melhorando com o tempo.

Quando devo procurar um médico?

Ainda que os tratamentos naturais funcionem, há casos em que se deve procurar ajuda especializada. Se as unhas inflamam e encravam com frequência, se há pus embaixo da inflamação, é importante procurar um médico, podólogo ou dermatologista. Pessoas que sofrem de diabetes, má circulação, possuem lesões nos pés, tornozelos e pernas também devem procurar ajuda.


Reportar erro