Melhore a qualidade de vida com carvão vegetal

O carvão vegetal ou carvão ativado age como uma esponja no nosso organismo, absorvendo todas as enzimas que fazem algum mal ao corpo humano. Saiba mais!


O carvão vegetal ou carvão ativado age como uma esponja no organismo, absorvendo todas as enzimas que fazem algum mal ao corpo humano. Além de atuar internamente nos seres vivos, essa substância pode ser usada no tratamento de enfermidades externas, como ferimentos e picadas, ou na filtração de odores em determinados locais.

A composição do carvão inclui o bário, cobre, cromo, chumbo, níquel, estanho, titânio, prata, e outros tantos elementos que impulsionam essa substância a desempenhar da melhor forma o seu papel. Pode ser encontrada em pó ou em cápsulas, mas seus benefícios estão garantidos em ambos os estados. Neste artigo, o Remédio-Caseiro traz dicas de como usar esse recurso em prol da saúde e a entender em quais situações o mesmo é benéfico.

Usando o carvão vegetal para melhorar a saúde

O carvão é usado em casos de gastrites, gastroenterite, diarreia, intoxicação alimentar e gases, isso porque ele contém substâncias capazes de limpar os intestinos e o estômago. Além disso, o uso desse produto é benéfico em casos de envenenamento por produtos tóxicos ou por picadas de animais peçonhentos como cobra, aranhas e escorpiões.

Melhore a qualidade de vida com carvão vegetal

Foto: Pixabay

Medicamentos, entorpecentes, aditivos alimentares, agrotóxicos e adubos químicos, os metais pesados, os gases, os detergentes e entre outros produtos tóxicos são totalmente combatidos com a ingestão do carvão vegetal. Essas substâncias são absorvidas por ele e, logo após, são excretadas. O carvão ainda é capaz de eliminar as toxinas do sangue, evitando assim doenças hepáticas e até renais.


Também é usado para melhorar a qualidade de vida externamente, uma vez que suas propriedades o permite combater odores no ar e na água e pode ser empregado em banhos e na forma de cataplasmas para curar ferimentos e úlceras na pele.

Como usar o carvão vegetal?

Se o carvão que você adquiriu for em pó, utilize uma colher de chá desse produto em um copo de água. Misture bem e tome duas vezes ao dia, de preferência no horário da manhã e no período da tarde. A dica é que ele não seja ingerido acompanhado das refeições. Realizando esse procedimento, você vai estar inibindo muitas doenças intestinais e relacionadas ao sangue.

Caso o carvão esteja em formato de cápsulas é indicado a ingestão de um a dois comprimidos, três ou quatro vezes ao dia, nos horários que você achar necessário. Esse caso pode ser usado contra a ressaca. É só tomar uma cápsula antes de ingerir bebidas alcoólicas e outra depois da bebedeira.

Deve-se ter muito cuidado ao ingerir o carvão vegetal, tendo em vista que se tomado em altas quantidades pode provocar reações contrárias ao seu real objetivo, como o escurecimento das fezes, vômitos, diarreia e prisão de ventre. Sendo assim é importante o acompanhamento e a indicação de um profissional da saúde.

Onde encontrar o carvão?

Esse produto pode ser encontrado em lojas especializadas em produtos naturais, ou em farmácias. Algumas marcas na internet podem conter o carvão para a venda, entres elas existem a Herbarium e a Bionatus.


Reportar erro