Manjerona: benefícios e propriedades medicinais

Dentre as propriedades medicinais da manjerona estão a sua ação anti-espasmódica, expectorante, mucolítica, cicatrizante, antiviral e analgésica


A manjerona (origanum majorana) é uma planta aromática semelhante ao orégano, sendo bastante utilizada como tempero para alimentos. Trata-se também de uma erva que possui propriedades medicinais que trazem uma série de benefícios à nossa saúde, servindo para tratar problemas digestivos, como diarreia e falta de apetite.

Reza a lenda que o príncipe Amáraco, filho de um Rei do Chipre, era um rapaz bastante que se dedicava à arte de criar perfumes e fragâncias, e, certa vez, criou um perfume único suave e agradável que o deixou maravilhado. Porém, ao carregar a sua criação num jarro, deixou-o cair e quebrar-se, perdendo assim o precioso líquido. Ao falecer de tanta tristeza, os deuses transformaram o seu corpo em uma planta muito aromática, denominada manjerona.

Esta história pode não ser verdadeira, mas esta planta – muito confundida com manjericão – existe e proporciona diversos benefícios à saúde.

Propriedades e benefícios

Dentre as propriedades medicinais da manjerona estão a sua ação anti-espasmódica, expectorante, mucolítica, cicatrizante, antiviral, analgésica, antisséptica, bactericida, diurética, digestiva e outras.

Devido às suas propriedades, esta planta é indicada como uma poderosa aliada contra a diarreia, má digestão, asma, flatulência, gripe, resfriados, falta de apetite, tosses, bronquite, herpes genital, cólica menstrual ou intestinal, reumatismo, cansaço, libido baixa, apatia e contusão.

O óleo essencial de manjerona pode ser utilizado pelas pessoas que sofrem com dores e inflamações nos músculos ou nas articulações, pois as massagens aliviam os incômodos. Este óleo também serve para quem sofre com problemas causados pelos impulsos e desejos sexuais incontroláveis. O efeito anti-espasmódico ainda contribui para aliviar cãibras causadas pelo esforço muscular e aliviar incômodos no aparelho respiratório e digestivo.

Manjerona: benefícios e propriedades medicinais

Foto: Pixabay


Por conter efeito relaxante, também é indicada para combater ansiedade, insônia, hiperatividade, dores de cabeça frequentes e depressão. O chá feito com as folhas de manjerona auxilia no combate a problemas como indigestão, retenção de líquidos e é levemente laxante.

Com o consumo frequente desta planta, é possível reduzir os sintomas dos problemas citados e evitar outras condições de saúde. A manjerona pode ser encontrada à venda em lojas de produtos naturais e algumas farmácias de manipulação.

Como utilizar a manjerona?

As partes utilizadas da manjerona são as suas folhas, flores e caule, no preparo de chás, infusões, pomadas ou óleos. Confira a seguir como preparar o chá desta planta:

Chá de manjerona

Coloque um litro de água com duas colheres de sopa da erva numa chaleira e leve ao fogo. Deixe ferver pelo período de 10 minutos, então tampe e desligue o fogo. Quando o chá estiver morno, coe e adoce a gosto.

Para aproveitar os benefícios proporcionados pela manjerona, a indicação de consumo deste chá é de duas a três vezes ao dia.

Contraindicações e efeitos colaterais

A manjerona é contraindicada durante os períodos de gestação e lactação. O principal efeito colateral desta planta é a dor de cabeça, que ocorre quando consumida em excesso.

Lembre-se que todo e qualquer tratamento, inclusive o natural, apenas deve ser feito sob orientação médica.


Reportar erro