Hamamélis – Trata hemorragias e muito mais!

Hamamélis (Hamamelis virginiana), batizada com este nome por Hipócrates, é uma planta arbustiva de pequeno…


Hamamélis (Hamamelis virginiana), batizada com este nome por Hipócrates, é uma planta arbustiva de pequeno porte, geralmente medindo de dois a três metros de altura e pertencente à família Hamamelidaceae. É nativa da costa leste da América do Norte e, em 1736, foi introduzida na Europa, mais especificamente na Inglaterra e, desde então, tem sido largamente utilizada como planta ornamental em parques e jardins, sendo uma das poucas plantas que conseguem florescer no inverno. Devido ao seu alto valor terapêutico, a hamamélis é muito empregada tanto na fitoterapia quanto na homeopatia. Atualmente, esta planta faz parte da composição de vários produtos cosméticos e de higiene pessoal, incluindo géis de banho, xampus, loções pós-barba, sabonetes e cremes.

Hamamélis - Trata hemorragias e muito mais!

Foto: Reprodução

Propriedades

A hamamélis possui propriedades adstringente, tônica, anticaspa, anti-seborreica, descongestionante, anti-acneica, refrescante, sedativa, hemostática, venotônica e vaso protetora. As infusões e destilações preparadas a partir das folhas e da casca da planta são ricas em flavonoides, que possuem ação anti-inflamatória e antioxidante, e taninos, que atuam como antidiarreicos, antimicrobianos e cicatrizantes.

Indicações de uso

A hamamélis é muito utilizada no tratamento de casos de hemorroidas, na forma de cápsulas, tinturas, em formulações homeopáticas, na forma de supositórios ou em cremes de aplicação tópica.

Devido à sua propriedade adstringente, a hamamélis é muito empregada em casos de hemorragias, tanto internas como externas.

A planta também é usada no tratamento de veias varicosas, problemas circulatórios, varizes, pernas cansadas, eczema, couperose, inflamação ocular, infecções e sangramento das gengivas, desinfecção de feridas, picadas e cortes na pele e queimaduras solares leves.


Como utilizar?

A hamamélis pode ser encontrada sob a forma de cremes, pomadas, folhas secas, tinturas, supositórios renais, loções, água destilada e cápsulas.

As dosagens recomendadas são as seguintes: uma dosagem de 2 gramas por 150 ml de infusão (folhas secas) e de 2 ml a 4 ml de tintura, para aplicar três vezes ao dia; 5 a 10 gramas em 250 ml de água para a aplicação em compressas, até 2 gramas diárias de extrato seco no caso das cápsulas e 200 mg de extrato por supositório.

Com relação à água-de-hamamélis, não há restrições para a sua aplicação.

Chá de hamamélis para combater o inchaço

Leve ao fogo uma xícara de água junto com duas colheres (chá) de folhas secas de hamamélis e, ao levantar fervura, aguarde por aproximadamente mais 2 minutos e só então apague o fogo. Espere até que fique morno e coe o chá. Beba uma xícara de chá por dia, sem adoçar.

Precauções

A ingestão do chá pode provocar irritação gástrica e vômitos; e o seu consumo é contraindicado para lactantes.


Reportar erro