Ghai hu, planta usada na cultura oriental para tratar o fígado

O chá de Ghai hu também é indicado para amenizar os sintomas da malária, herpes, hemorroidas, inchaço abdominal e cólicas menstruais


Com o nome científico de Bupleurum falcatum, Ghai hu é uma planta muito utilizada na cultura oriental. É do Japão e da China que vêm as muitas indicações de aplicações da planta. Segundo os especialistas, a Ghai hu é analgésica, antibacteriana, anti-inflamatória, hepática, sedativa e antiviral.

Entre as principais indicações para uso da Ghai hu, estão: dismenorreia, circulação, febre, fígado preguiçoso associado com instabilidade emocional, hemorroida, herpes simples, inchaço abdominal, malária, proteção do fígado.

O Ghai hu é bem parecido com uma cenoura. Dele, são utilizados os brotos, as folhas e a raiz. Investigações contínuas ao longo dos últimos 30 anos sugerem que ele tem uma combinação única de benefícios medicinais. Tem uma forte ação anti-inflamatória, de certo modo semelhante à dos esteroides, que ajuda a reduzir e a prevenir a inflamação no corpo”.

Ghai hu, planta utilizada na cultura oriental para tratar o fígado

Foto: depositphotos


Além disso, a sua aplicação principal é, portanto, nos distúrbios do fígado e dos rins, sobretudo quando estes estão sob pressão devido a inflamação crônica, toxicidade ou doença autoimune.

O chá de Ghai hu é indicado ainda para amenizar os sintomas da malária, herpes, hemorroidas, inchaço abdominal e cólicas menstruais.

Você pode prepará-lo de duas formas: por infusão, que é quando a água é fervida e, somente depois disso, é acrescentado as folhas da planta. O fogo deve ser desligado após cinco minutos e a mistura mantida fechada até esfriar ou amornar. Outro modo de consumir é utilizar a raiz fresca para febres e para estimular o sistema circulatório do nosso organismo.


Informar erro