Falta de ar – causas e meios de tratá-la

Por Gabriel Oliveira

A falta de ar, conhecida na comunidade médica como dispneia, trata-se da dificuldade em respirar. Esse problema causa uma sensação desesperadora de que o ar que entra nos pulmões não está sendo suficiente para manter o corpo funcionando normalmente. Na maioria das vezes, o indivíduo não consegue inspirar, mas também pode ocorrer uma dificuldade em expirar (colocar o ar para fora).

Causas do problema

Falta de ar

Detalhes e soluções para a falta de ar | Imagem: Reprodução

O cansaço pode estar diretamente relacionado ao problema de falta de ar (apesar desse último, muitas vezes surgir isoladamente), principalmente se a pessoa acabou de fazer um esforço físico, o que na maioria das vezes é considerado normal.

Apesar de parecer um sintoma simples, a falta de ar pode ser o sinal de um problema bastante sério, dependendo do histórico médico da pessoa. Grande parte dos casos está relacionado à problemas psicológicos, onde o indivíduo acha que está com má oxigenação, quando na verdade, está respirando normalmente. Isso pode ocorrer por conta de diversos problemas como estresse, fadiga, ou em casos mais sérios: síndrome do pânico, esquizofrenia, entre outros.

Quando o problema é ocasionado por alguma doença nos pulmões, o mesmo pode estar relacionado com:

  • Problemas respiratórios como asma, bronquite, pneumonia, etc.;
  • DPOC;
  • Cigarro;
  • Edema Pulmonar;
  • Câncer de Pulmão;
  • Angina no coração;
  • Nervosismo, entre outras dezenas de causas.

Como tratar?

O tratamento para falta de ar, pode ser feito tanto com remédios (quando prescritos pelo médico) ou também através da medicina alternativa. Logo mais abaixo, você confere algumas receitas úteis contra a dispneia, com ingredientes que podem ser encontrados aí mesmo na sua casa:

Beterraba (o mesmo procedimento pode ser feito com nabo)

  1. Corte uma beterraba média em rodelas bem fininhas e coloque-as arrumadas em um recipiente com boca larga;
  2. Coloque açúcar mascavo até que cubra totalmente a beterraba;
  3. Deixe descansar por 10 horas;
  4. Tome três colheres (sopa) cinco vezes ao dia e verá os resultados.

Agrião

  1. Pegue 300g de mel de abelhas, 300 ml de água filtrada e 500g de agrião (com folhas e talos);
  2. Coloque tudo em uma panela e leve ao fogo até que comece a levantar fervura;
  3. Desligue o fogo, deixe esfriar e tome uma colher (sopa) quatro vezes ao dia.

Abacaxi

  1. Corte 1 abacaxi em rodelas e coloque-as em uma panela;
  2. Adicione 1 xícara (chá) de mel de abelhas e cozinhe em fogo baixo;
  3. Espere esfriar e tome três colheres (sopa) cinco vezes ao dia.

Jabuticaba

  1. Pegue uma quantidade média de jabuticabas e amasse-as;
  2. Coloque em uma panela e ponha para cozinhar em água filtrada;
  3. Espere esfriar e tome duas xícaras (chá) por dia.

Gengibre

  1. Pegue 20g de raiz de gengibre e coloque em um recipiente para chá;
  2. Adicione 1 litro de água fervente e deixe descansar;
  3. Tome três xícaras (chá) ao dia.