Dieta de baixo carboidrato e alta gordura

Há anos ouvimos que uma dieta rica em carboidrato e baixa em gordura é melhor…


Há anos ouvimos que uma dieta rica em carboidrato e baixa em gordura é melhor para a nossa saúde do que uma dieta de baixo carboidrato e alta gordura. Mas, será que é isso mesmo? Estudos apontam que não é bem assim, pois uma dieta de baixo carboidrato e alta gordura não apenas favorece a perda de peso, mas também age nos fatores de risco para doenças cardiovasculares, produzindo queda nos triglicerídeos, aumento do HDL (“colesterol bom”), queda da glicemia e da pressão.

É melhor evitar carboidrato do que gordura

Estudos que compararam os efeitos de duas dietas – a que limita carboidratos e a que restringe gordura – chegaram à conclusão de que, para se ter sucesso no processo de emagrecimento, é mais eficaz diminuir o consumo de alimentos ricos em carboidratos, como pães, massa e arroz, do que eliminar alimentos gordurosos da alimentação.

A pesquisa, realizada durante um ano na Universidade de Tulane, nos Estados Unidos, reuniu 148 obesos de 22 a 75 anos e foi feita da seguinte maneira: parte dos voluntários foi submetida à dieta que restringe carboidratos, sem ultrapassar 40 gramas do nutriente por dia, e o restante recebeu a orientação de seguir uma dieta com pouca gordura, reservando a este grupo apenas 30% das calorias consumidas no dia.

Os voluntários foram avaliados três, seis e doze meses após o início do estudo e, no resultado das três avaliações, os participantes que seguiram a dieta de baixo carboidrato tinham perdido mais peso do que os que cortaram a gordura.


Além da questão do peso, o estudo também apontou que a restrição de carboidrato parece ser a melhor opção para proteger o coração. Após um ano de pesquisa, as pessoas que seguiram a dieta de baixo carboidrato apresentaram maior redução dos níveis de colesterol e demais substâncias conhecidas por provocarem problemas cardiovasculares.

Dieta de baixo carboidrato e alta gordura

Foto: Reprodução

O outro lado

A dieta com baixo teor de gordura também apresentou benefício: ela foi mais eficaz em reduzir medidas mais rapidamente. Depois de três e seis meses do início da dieta, a circunferência abdominal dos voluntários deste grupo diminuiu mais do que a daqueles que comeram menos carboidratos. Porém, após um ano de estudo, não houve diferença significativa neste aspecto entre os participantes de cada uma das duas dietas.

De qualquer forma, lembre-se que qualquer tipo de dieta deve ser acompanhada por um profissional, pois apenas ele poderá afirmar com certeza o que é melhor para você de acordo com as suas preferências, objetivos e condições de saúde.


Reportar erro