Diabetes: mitos e verdades sobre a doença que afeta milhões

Segundo a OMS, existem mais de 380 milhões de portadores da doença ao redor do mundo, uma epidemia global


As estimativas realizadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) são alarmantes: a população mundial com diabetes está acima de 380 milhões de pessoas, e deverá atingir mais de 470 milhões até 2035. A Federação Internacional de Diabetes (IDF) afirma que a abrangência atual do diabetes ao redor do mundo pode ser considerada uma epidemia.

No Brasil, estima-se que existam 14,25 milhões de portadores da doença, sendo que um a cada dois adultos ainda não foi corretamente diagnosticado. A Sanofi, multinacional no mercado farmacêutico brasileiro, preparou um guia com mitos e verdades a respeito da doença. Saiba mais neste artigo.

Mitos e verdades sobre o diabetes

De acordo com a endocrinologista Denise Franco, o paciente leva um tempo até conseguir entender e se adaptar à nova condição crônica. Confira a seguir alguns mitos e verdades a respeito do diabetes:

Diabetes: mitos e verdades sobre a doença que afeta milhões de brasileiros

Foto: depositphotos

1) A necessidade de tomar insulina indica que a doença é muito grave.

MITO. Assim como ocorre em qualquer problema de saúde crônico, muitas vezes é necessário que o paciente utilize uma medicação de modo contínuo. Assim sendo, quando o organismo não consegue equilibrar o nível de açúcar no sangue, alguns diabéticos precisam recorrer à insulina, o que não significa, necessariamente, que a doença tenha atingido um elevado grau de gravidade. O medicamento ajudará no controle do diabetes, retardando as complicações crônicas da doença.


2) O diabetes mellitus tipo 2 pode não apresentar sintomas.

VERDADE. No início da doença ainda há uma considerável produção de insulina e, por esse motivo, é comum que o diabetes mellitus tipo 2 possa não causar sintomas.

3) A obesidade na infância pode causar diabetes mellitus na adolescência.

VERDADE. A ocorrência do diabetes mellitus na adolescência tem sido atribuída às elevadas taxas de obesidade durante a infância. A obesidade nessa fase está relacionada ao crescente sedentarismo e maus hábitos alimentares, com a ingestão de gorduras e comidas calóricas.

4) Quase metade dos brasileiros portadores de diabetes mellitus tipo 2 desconhecem o seu diagnóstico.

VERDADE. De acordo com o Estudo de Prevalência do Diabetes Mellitus, sob coordenação do Ministério da Saúde, existem 46,5% de portadores do diabetes mellitus tipo 2 que não sabem que têm a doença.

5) A hipoglicemia pode levar à morte.

VERDADE. A hipoglicemia é um dos sintomas que mais preocupam os pacientes com diabetes. E com razão: sem uma intervenção rápida, a hipoglicemia pode ser fatal. Dentre os sintomas do quadro estão a sensação de fraqueza ou fome, tontura, tremor, palpitação, sudorese, alterações da visão e até perda da consciência. De acordo com alguns estudos, os episódios frequentes de hipoglicemia aumentam em quatro vezes o risco de o indivíduo desenvolver uma doença cardiovascular, além de levar à redução da função mental.


Informar erro