Conheça as Plantas Alimentícias Não Convencionais e inove na cozinha

90% do alimento mundial é proveniente de apenas 20 espécies, porém existem mais de 30 mil espécies vegetais que podem ser utilizadas na alimentação


As Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC) são plantas nativas ou exóticas, que a maioria de nós não consome por falta de costume ou de conhecimento.

Muitas dessas plantas são conhecidas como ervas daninhas, matos, “invasoras” e até “nocivas”, por aparecerem entre outras plantas cultivadas ou em locais que as pessoas acham que não são ideais, como terrenos baldios, por exemplo.

Grande parte da população e do poder público negligencia milhares de espécies com elevado valor nutritivo que, atualmente, estão sendo redescobertos em receitas de importantes chefes e até já foram tema de prova no talent show de culinária MasterChef.

conheca-as-plantas-alimenticias-nao-convencionais-e-inove-na-cozinha

Foto: Pixabay

As características das PANC

Cerca de 90% do alimento mundial é proveniente de apenas 20 espécies, porém estima-se que existam mais de 30 mil espécies vegetais que possam ser utilizadas na alimentação.

Regina Perrotta e Vânia Monteiro, professoras de Gastronomia do CEUNSP, explicam que esses vegetais costumam brotar espontaneamente entre outras plantas cultivadas ou em locais como brejos e terrenos baldios. Por esse motivo, a maioria das pessoas julga que tais plantas não são adequadas para consumo.


De acordo com as professoras de gastronomia, as Plantas Alimentícias Não Convencionais possuem uma ou mais partes que podem ser empregadas diretamente na alimentação humana, tais como as raízes tuberosas, tubérculos, bulbos, rizomas, cormos, talos, folhas, brotos, flores, frutos e sementes.

Além disso, as PANC também podem ser usadas indiretamente para obtenção de óleos e gorduras alimentícios. Para acrescentar esses alimentos à dieta, é recomendável observar as principais características das partes do vegetal, como a folha, flor e caule, além de buscar um fornecedor confiável de mudas.

Regina e Vânia também destacam a importância de conhecer o nome científico do vegetal, além da denominação popular.

Dentre as Plantas Alimentícias Não Convencionais, as especialistas destacam as seguintes: madressilva (Akstrienerua caryophyllaea Jacq.), jasmim-manga (Plumeria rubra L.), tucumã (Astrocaryum aculeatum), maria sem vergonha ou beijo turco (Impatiens walleriana), inhame-chinês (Colocasia esculenta (L.) Schott), ipê amarelo (Handroanthus chrysotrichus), jatobá (Hymenaea courbaril) e tamarindo (Tamarindus indica).

Receita de geleia de flores de Maria Sem Vergonha ou Beijo Turco

Segundo as professoras Regina e Vânia, o preparo do alimento vai depender de qual parte é comestível. Por exemplo, quando a parte comestível for o bulbo, deverá ser cozido; já algumas flores podem ser consumidas diretamente. Se você tem interesse em começar a consumir as PANC, veja a receita de geleia sugerida pelas especialistas:

1) Colha cerca de 300 g de flores de beijo turco ou maria sem vergonha e lave em uma bacia com água;
2) Triture acrescentando um pouco de água;
3) Acrescente 150 g de açúcar cristal, 3 colheres (de sopa) de farinha de maracujá ou pectina;
4) Leve a mistura ao fogo e mexa até atingir o ponto desejado. O resultado final será semelhante a uma geleia de morango.


Reportar erro