Conheça a giesta e os seus benefícios para saúde do nosso corpo

Giesta é indicada para o controle de diabetes, obesidades e problemas cardíacos. Veja como preparar o chá desta planta


Tendo com nome científico spartium junceum, a giesta também possui outros nomes, como retama e vassoura-espanhola. Originada na Europa, tem tolerância à solos pobres, mas não se desenvolve em lugares com um clima quente.

Na primavera, esta planta floresce e com as flores pode ser feito uma chá que possui muitos benefícios à saúde humana.

Neste artigo, você vai conhecer melhor essa planta e os benefícios dela. Ainda vai aprender como preparar o chá, suas indicações e os cuidados.

Conheça a giesta e os seus benefícios para saúde do nosso corpo

Foto: depositphotos

Características da planta

Apesar de ser uma erva selvagem, a giesta exala um cheiro harmonioso e de pureza, por essa razão é utilizada para a fabricação de perfumes e alguns produtos de limpeza. O arbusto da planta pode chegar até 3 metros de altura, já suas folhas podem ser de duas cores: brancas e amarelas. Possui ramos verdes, finos e flexíveis.

Propriedades e benefícios da giesta

A giesta é uma planta com muitas propriedades benéficas à saúde do corpo, entre elas pode-se citar a ação diurética que essa planta desempenha. Por possuir essa característica, esta leguminosa consegue desfazer a retenção de líquidos e eliminá-los do organismo.


Também através dessa ação, é considerado um remédio natural para amenizar os problemas desenvolvidos por quem sofre com obesidade.

Além disso, giesta é indicada para o tratamento e controle de diabetes. Bem como para a prevenção de doenças cardíacas, tendo em vista que esta leguminosa possui uma substância chamada de esparteína, que funciona como tônico do coração. Por fim, também é indicada para as pessoas que estão com infecções urinárias, pois elimina o problema rapidamente.

Preparando o chá

Levando em consideração todos os benefícios desta planta, o seu chá torna-se uma grande aliado da saúde humana. Para prepará-lo é simples, basta usar 30 gramas das flores secas e um litro de água.

Coloque os ingredientes juntos no fogo e espere ferver. Após entrar em ebulição, tampe o recipiente e deixe em infusão por cinco minutos. Coe e sirva sem adição de açúcar. O ideal é ingerir até três xícaras por dia.

Cuidados

Esta planta, apesar de todos os benefícios oferecidos à saúde humana, é uma leguminosa tóxica, pois possui poderosos alcaloides na sua composição. É importante manter a planta fora do alcance de animais de estimação e de crianças, pois se consumida pelos pequenos ou pelos pets podem intoxicar seus organismos frágeis.


Reportar erro