Como curar os sangramentos nas gengivas

Por Redação

Gengivas saudáveis

Gengivas saudáveis | Imagem: Reprodução

Quando acontecem sangramentos em nossas gengivas, sempre ficamos apreensivos, afinal, qual o motivo desse sangue, se não machucamos ou não houve outra lesão para ocasioná-la?

Os sangramentos gengivais normalmente caracterizam algumas das doenças nas estrutura de proteção e suporte dos dentes, a gengivite ou a periodontite.

A gengivite é uma inflamação ou infecção na gengiva que é causada pela placa bacteriana e o sangramento pode ser espontâneo ou quando se usa o fio dental ou escova de dentes. Também pode haver vermelhidão, inchaço, mudança na textura e nos contornos da gengiva. Esses sintomas podem ocorrer juntos ou não.

Embora a periodontite, normalmente apresente as mesmas características da gengivite, nesse caso já há a absorção do osso alveolar, contaminação do cemento e destruição das estruturas que  mantém os dentes na mandíbula ou maxila, o que causa seu amolecimento, mudança de posição e consequente perda futura.

A característica dessas doenças é que sejam indolores enquanto seguem seu curso, que costuma ser longo, por isso, muitas pessoas não as consideram e não procuram tratamento até que cheguem à certa idade, quando seus dentes estão móveis, normalmente após os quarenta anos de idade, quando o dentista, especialista em periodontia, se vê obrigado a condenar alguns dentes, pois não há mais o que possa fazer. Além disso, algumas bactérias causadoras da periodontite, podem se espalhar pela corrente sanguínea a agravar outros problemas de saúde, como problemas cardíacos, pois se instalam no interior dos vasos cardíacos ou válvulas cardíacas, complicando sobremaneira a saúde e até levando a pessoa ao óbito.

Outros agravamentos que a periodontite pode causar

  • Nos diabéticos, a interação é complicada, já que o tratamento da periodontite nesses pacientes é difícil e esta doença causa dificuldade para o paciente controlar satisfatoriamente sua taxa de glicemia.
  • O parto prematuro de bebês abaixo do peso normal, pois algumas toxinas produzidas pelas bactérias causadoras da periodontite, vem sendo encontradas em alta concentração no líquido aminiótico de pacientes com periodontite em trabalho de parto prematuro. As estimativas mostram que cerca de 18,2 % desses partos podem ser atribuídos à doença periodontal e estas crianças, quando não sofrem morte fetal ou pós-parto, podem ficar com sequelas neurológicas ou motoras.
  • A doença pulmonar obstrutiva crônica, pode também ser ocasionada pela periodontite, quando há a aspiração da bactéria causadora e também levar o paciente ao óbito.

Quando surgir sangramentos na gengiva, o ideal é que um dentista seja procurado, mas, enquanto não for possível, há alguns remédios caseiros que podem ajudar a combater as causas desse problema com bastante eficácia!

Veja alguns remédios caseiros eficazes contra sangramentos nas gengivas

Tratamentos contra sangramentos nas gengivas

Tratamento natural | Imagem: Reprodução

  • Fazer um bochecho, após as refeições, com água salgada pode ajudar.
  • O vinagre de maçã ajuda a acabar com as bactérias e acabar com a placa bacteriana, além de evitar o mau hálito e a formação do tártaro. Prepare meio copo com partes iguais de vinagre de maçã e água e bocheche pela manhã. Deve ser feito todos os dias.
  • Prepare meio copo com duas medidas de vinagre de maçã, uma de água e uma colher de chá de sal.
  • O cravo-da-índia possui o eugenol,  que é  antiinflamatório, combate o vermelhidão, o sangramento e elimina as bactérias.  Para se conseguir os efeitos basta esfregar o óleo do cravo (encontrado em farmácias) nas gengivas ou mastigar o cravo. Ainda há outra maneira de usar o óleo de cravo: à noite, umedecer um chumaço de algodão em óleo de cravo e 1/4 de colher d chá de óleo de oliva e deixar sobre a gengiva.
  • Prepare uma pasta lisa com 2 partes de óleo de coco e 3 partes iguais de bicarbonato de sódio e escove os dentes com essa pasta, duas vezes ao dia. Ela vai destruir os micróbios bucais e prevenir cáries e mau hálito.