Comer castanha emagrece?

Por Camila Albuquerque

Comer castanha emagrece?

Imagem: Reprodução

Se você quer emagrecer e não conhece o seleto grupo das frutas oleaginosas, mal sabe o que está perdendo. Formado por nozes, amêndoas, castanha-do-pará, avelã, macadâmia e outros, este grupo auxilia aqueles que querem emagrecer, pois carregam muitos nutrientes (como vitaminas, minerais, antioxidantes e gordura de ótima qualidade). Comê-las turbina o seu organismo e te proporciona inúmeros benefícios que você nem sonhava em encontrar nestas pequenas oleaginosas. A castanha-do-pará, mais conhecida e consumida aqui no Brasil, pode ser sua aliada no caminho para emagrecer e manter o seu peso.

A poderosa castanha-do-pará

A castanha-do-pará já é uma velha conhecida dos brasileiros, mas nem todos sabem o que ela é capaz de fazer pelo seu corpo. Para começar, ela é rica em gordura mono e polinsaturadas, que são responsáveis por manter o nível de açúcar no sangue estável e ativar o metabolismo da queima de gordura. Além disso, especialistas do mundo inteiro adotaram a castanha como sua queridinha, pois ela diminui o nível de insulina liberada pelo pâncreas, ajudando assim a converter os estoques de gordura corporal em energia. Outros dos muitos benefícios da castanha-do-pará são:

  • Seus minerais ajudam na proteção do cérebro, preservando as células nervosas e evitando assim o surgimento de doenças neurodegenerativas que podem vir com a idade.
  • A castanha-do-pará é rica em cálcio e magnésio, essa combinação é perfeita para a saúde dos seus ossos.
  • Também combate as doenças cardiovasculares.

Afinal, a castanha-do-pará emagrece?

A resposta, segundo estudos realizados por especialistas é: sim! A castanha-do-pará emagrece, ou melhor, ajuda bastante aqueles que estão num processo de redução de peso. Um estudo realizado na Universidade de Otago, na Nova Zelândia, comprovou que ingerir duas castanhas por dia aumentam em 65% o teor de selênio no sangue. Porém, a castanha que eles estudaram não é a mesma que a nossa, e nisso temos sorte: nossa castanha-do-pará é muito mais rica em selênio, portanto, apenas uma castanha-do-pará por dia é o suficiente.

Porque o selênio é tão importante no processo de emagrecimento? Este mineral controla os níveis de colesterol ruim, ajuda a tireoide na síntese de seus hormônios, está associado à capacidade do organismo de eliminar metais pesados e também acelera o seu metabolismo. Ele combate o envelhecimento celular e ainda existem estudos recentes que dizem que a gordura monoinsaturada, através dos ácidos graxos, consegue agir diretamente na região abdominal, diminuindo a barriga. Comer uma castanha-do-pará por dia te dará mais facilidade para emagrecer e manter o peso desejado quando atingi-lo. Contudo, é preciso ter cuidado com um detalhe: o excesso. O selênio, se ingerido em grande quantidade, pode ser prejudicial. Se você comer mais que duas castanhas-do-pará por dia, a médio e longo prazo, poderá ter dores de cabeça, unhas fracas e queda de cabelo.