Colágeno, a proteína do rejuvenescimento

A mais abundante proteína estrutural básica do reino animal é o colágeno, que representa cerca…


Colágeno

Imagem: Reprodução

A mais abundante proteína estrutural básica do reino animal é o colágeno, que representa cerca de 30% do total de proteínas dos animais mamíferos, no caso dos humanos esse número vai para aproximadamente 25%. É ele que constitui os principais tecidos de sustentação, como os ossos, tendões, cartilagens e a pele.  Todavia, não é somente essa a função do colágeno, pois ele desempenha várias outras, como a união das células. Até a puberdade, a deficiência do colágeno na alimentação não é possível de ser percebida, mas na fase da maturidade, ela se manifesta, com o aparecimento de rugas e até fraturas. O nosso corpo produz essa proteína por toda a juventude e começo da idade adulta, porém ao chegar aos 30 anos, o corpo sofre uma perda anual nessa capacidade de produção, contabilizando em torno de 1% a menos. Já dos 50 anos em diante, a produção do colágeno passa a ser de apenas 35% do que é necessário para manter os órgãos de sustentação saudáveis.

Carência de colágeno

A carência da proteína, denominada de colagenose, é uma das principais causas do envelhecimento, uma vez que a deficiência do colágeno deixa os músculos flácidos, os ossos menos densos, a cartilagem dica mais frágil e porosa, as articulações e ligamentos com menos força e elasticidade. Em casos extremos na juventude, a deficiência dessa proteína pode ser a causa de problemas no crescimento, devido a má formação óssea e muscular. Outra consequência pouco conhecida é a diminuição da espessura do fio capilar, a desidratação e perda de elasticidade da pele, resultando em flacidez, rugas e estrias.


Os alimentos ricos em colágeno

É possível encontrar colágeno nos alimentos ricos em proteínas de origem animal, principalmente na carne vermelha. Contudo, para que ele seja sintetizado pelo organismo, é essencial consumir também a vitamina C, encontrada em abundância no limão, melão, acerola, caju etc., a vitamina E e minerais como selênio e zinco, encontrados nas amêndoas, castanhas-do-pará e avelã.

Indicações do colágeno

  • Enrijecer os tecidos da pele
  • Eliminar rugas
  • Dar auxílio nas dietas de emagrecimento
  • Dar vida ao couro cabeludo
  • Combater a flacidez e celulite
  • Fortalecer os ossos, tendões e cartilagens
  • Aumentar a tonicidade muscular
  • Auxiliar no funcionamento do sistema linfático
  • Fortalecer as unhas e cabelos
  • Prevenir estrias
  • Evitar que as articulações fiquem frágeis e porosas
  • Ajudar no aumento da elasticidade da pele

Reportar erro