Chia, a semente que beneficiará sua saúde

Uma semente originária da Colômbia e México vem se tornando mais conhecida em nosso país,…


Uma semente originária da Colômbia e México vem se tornando mais conhecida em nosso país, apesar de nem todas as pessoas conhecerem ainda seus muitos benefícios.

E você, conhece essa semente?

Ele já era usado pelos povos que habitavam as regiões de origem há mais de mil anos e, nesses lugares seu consumo é básico e há uma certa reverência aos seus poderes funcionais, já que este grão é conhecido como o alimento da força, acredita-se, por manter os trabalhadores andinos em condições respiratórias normais, mesmo em grandes altitudes, como é característica daquele lugar.

Chia, a semente que beneficiará sua saúde

Chia, a semente dos deuses astecas | Imagem: Reprodução

Riquíssima em antioxidantes, 100g da semente, cerca de 8 colheres de sopa, contém a mesma quantidade de antioxidantes que 2,5 quilos de tomates! O poder de defesa dessa semente se assemelha à castanha do Pará , ao alho e à maçã. Os 100g de chia também tem tanto magnésio quanto 200g de nozes, tanto cálcio quanto 0,5 litros de leite, e ferro como 1kg de espinafre. Cálcio e magnésio quando associados beneficiam demais aos ossos e dentes, isso quer dizer que o consumo da semente previne, entre outras coisas, a osteoporose.

A chia é extremamente nutritiva, possui em sua composição várias vitaminas do complexo B, além de minerais, como zinco, cobre e potássio, sendo 100g de chia, equivalentes a duas bananas grandes quanto ao potássio. Além disso, esse é o grão mais rico em proteínas, chegando a 20% de sua composição.


Além de tudo, seu consumo ajuda a perder peso

Além de tudo, seu consumo ajuda a perder peso | Imagem: Reprodução

E as fibras que possui chegam a 40% da composição, sendo a maior parte de fibras insolúveis, aquelas que aumentam o volume das fezes, assim como a frequência, o que melhora o trânsito intestinal, aliviando a prisão de ventre, fazendo com que a pessoa absorva menos glicose, ajudando a emagrecer. E também as fibras solúveis, aquelas que, ao entrarem em contato com líquidos, tornam-se uma espécie de gel, que retarda o esvaziamento gástrico e dá sensação de saciedade por mais tempo.

A chia é uma ótima fonte de Ômega 3

O grão possui o Ômega 3 em uma quantidade impressionante, uma porção equivale a 400% de nossa necessidade diária de Ômega 3! Ou seja, 100g de chia, possui 8 vezes mais Ômega 3 do que um pedaço médio de salmão, que é uma das maiores fontes de Ômega 3. O Ômega, entre  vários outros benefícios, reduz triglicérides e o mau colesterol, fortalecendo as artérias e vasos sanguíneos e o Sistema Neurológico.

O consumo diário desse rico alimento favorece a saúde de diversas maneiras, aumentando a imunidade, favorecendo as defesas de nosso organismo, reduz o colesterol, os triglicérides, a glicose, ajuda a emagrecer e previne o aparecimento de doenças crônicas e cardiovasculares e melhora a pressão.

Como consumir?

A chia pode ser encontrada à venda em três formas: farinha, óleo e grãos. O óleo pode ser tempero para saladas e outros pratos, a farinha ou o grão podem ser adicionados a outras receitas, como vitaminas, massas de bolos e pães, iogurtes, frutas, etc. A dose de consumo indicada é de até duas colheres ao dia, preferencialmente antes das principais refeições.


Reportar erro