Chá de ipê preto alivia sintomas da artrite

O ipê preto ou ipê-roxo é muito utilizado nos tratamentos contra as incômodas dores da artrite devido aos seus princípios ativos


O ipê preto chama a atenção por sua beleza. Apesar do nome, o destaque dessa árvore são suas flores em tons de roxo. Por ser resistente às altas temperaturas, a árvore pode ser vista em lugares secos, como o nordeste e o cerrado brasileiro.

Com nome científico de Tabebuia Avellanedae Lorenz, o ipê preto ou ipê-roxo é muito utilizado nos tratamentos contra as incômodas dores da artrite. Os princípios ativos contidos nela são: flavonoides, saponinas, xilodoína, lapachol, a-lapachol, B-lapachol e cálcio, ferro, silício, cobalto e vitaminas.

A árvore pode atingir até 20 metros de altura e o chá pode ser feito da casca, cerne e flores. As indicações para uso são no combate a úlceras, hemorroidas, feridas, psoríase, diabetes, cistite, inflamações na garganta e gengiva e inflamações artríticas.

Chá de ipê preto alivia sintomas da artrite

Foto: depositphotos

Os cientistas estudam ainda a sua aplicação em casos de Mal de Parkinson, anemias, Mal de Hodgkins e como analgésico. Ainda no campo dos estudos, pesquisadores analisam os efeitos do ipê preto sobre câncer, AIDS e outras doenças graves.


Os primeiros a descobrirem os benefícios do ipê preto foram os índios da América do Sul, como os brasileiros, argentinos e paraguaios. Essa tradição é milenar, com o uso pioneiro dos Aymorés, Incas, entre outros povos latinos.

Quem pode tomar o chá de ipê preto?

Os adultos podem consumir até 15 ml do chá distribuídos em três doses por dia. Ele pode ser feito em água fervente com a casca do ipê preto já seca. O mesmo vai combater infecções na pele, dores reumáticas e edemas nos pés e causados por tumores.

Já as crianças podem passar a solução em problemas de pele, como dermatoses, eczemas e coceiras. Para isso, você deve usar 3 gramas de cascas em pó dissolvidas em uma xícara de água. Ferva essa mistura e pode aplicar três vezes ao dia no local ferido.

Caso o problema infantil seja na boca ou garganta, as flores são as melhores opções do ipê preto. Deve-se usar da seguinte forma: 5 gramas de flores frescas batidas no pilão para passarem pela infusão em uma xícara de água com três colheres de mel. Essa mistura deve ser pincelada na boca.

Existem contraindicações?

A principal contraindicação é para gestantes e lactantes, que não devem tomar nada sem a prescrição obstétrica. Além disso, pacientes com doenças graves devem sempre consultar um médico antes de fazer uso de qualquer substância, mesmo as naturais. Portanto, consulte sempre o seu médico.


Informar erro