Chá de genciana – Benefícios e propriedades

Sente fome e tem evitado comer seus pratos preferidos por causa de problemas digestivos? Esqueça…


Sente fome e tem evitado comer seus pratos preferidos por causa de problemas digestivos? Esqueça isso! Apresentamos o chá de genciana. Esse vegetal está entre os elementos mais eficazes no combate à má digestão e seus derivados.

A Gentiana lutea (genciana) é uma planta medicinal cuja espécie tem origem nos cárpatos que são tipicamente nativos em cadeias montanhosas da Europa e Ásia. A planta tem cultivo específico para fim medicinal.

Chá de genciana - Benefícios e propriedades

Foto: Reprodução

Planta

Esse tipo de vegetal é perene com raiz grossa e que apresenta uma roseta de folhas elípticas. Um caule alto e oco com folhas sésseis e opostas brota no centro dessa roseta ao final de quatro a oito anos. Extensas folhas amarelas estão agrupadas em feixes na axila das folhas superiores. O fruto dessa espécie de vegetal se dá em formato de capsula que se encerra em sementes aladas. A genciana é também conhecida como gencianela, genciana-amarela, gengiva, junciana ou unciana. Suas partes mais utilizadas são as folhas e raízes para fazer infusão, cujo liquido deve ser ingerido sempre antes das refeições.

Benefícios

Dotada de uma considerável quantidade de substância amargas que têm função favorável aos movimentos intestinais, a genciana é um potente estimulante da saliva, do suco gástrico e dos movimentos peristálticos.


Esse vegetal é ainda um forte aliado no tratamento de amenorreia, alergias, diarreia, anemia, febre, azia, dor reumática, anorexia, cálculos biliares, diabetes, fraqueza geral, artrite, gota, gastrite, náuseas, icterícia, vermes, vômitos e resfriado.

Genciana e suas propriedades

Tome nota: a genciana possui ação antiemética, antidiabética, antimicrobiana, anti-inflamatória, laxante, digestiva, vermífuga e tônica.

Efeitos adversos e contraindicações

Se consumida em grande quantidade, a genciana pode provocar dor de cabeça e vômitos. Vale ressaltar que a ingestão dessa erva é contraindicada para gestantes e hipertensos, podendo provocar úlceras no estômago.

Receita

As folhas e as raízes da genciana são tipicamente utilizadas para fazer o chá dessa erva. Tome nota da receita: Adicionar duas colheres das de sopa de genciana em meio litro de água (500 ml).

Leve o liquido para o fogo e deixe cozinhar durante 10 minutos contando a partir da fervura da água. Feito isso, deixe a infusão em repouso por mais 10 minutos. Em seguida coe e beba. Dica: tomar de duas a três xícaras ao dia.


Reportar erro