Chá de bálsamo: benefícios e propriedades

O bálsamo é uma planta da família das Crassulaceae, herbácea e de folhas suculentas. Suas…


O bálsamo é uma planta da família das Crassulaceae, herbácea e de folhas suculentas. Suas flores são amareladas, e o sabor de seu chá, feito com suas folhas, é levemente ácido. A planta pode atingir uma altura entre 0,3 e 0,5 metros. Nativa da África do Sul e da Ásia, a planta também é conhecida como pau-de-bálsamo, balso, cabraiba, óleo vermelho, cabureiba e pau vermelho. A planta teve suas aplicações citadas inclusive na bíblia em Gn 43,11: “…coloquem em suas bagagens os melhores produtos do país e levem como presente para aquele homem: um pouco de bálsamo, um pouco de mel, especiarias, resina, terebinto e amêndoas”. Além disso, em outro trecho, em Jr 8,22: “Será que não existe bálsamo em Galaad? Não há médico por aí? Por que não cicatriza a ferida da capital do meu povo?”.

Chá de balsamo - Benefícios e propriedades

Foto: Reprodução

Benefícios e propriedades

O bálsamo possui benefícios em sua aplicação na medicina, que envolvem sua ação como digestivo, cicatrizante e emoliente. Pode ser usada para tratamento de inflamações gastrointestinais ou de pele, úlceras, afecções dos aparelhos respiratório e urinário, diabetes, bronquite crônica, queimaduras, frieiras, contusões, torções machucaduras, feridas gangrenosas, epilepsia e cefaleias.

Entre seus princípios ativos estão mucilagens, alcaloides piperidínicos, triterpenos, sesquiterpenos e taninos hidrolisáveis.


Chá de Bálsamo

O chá de bálsamo pode ser feito com a proporção de 500 ml de água para 5 folhas frescas da planta. Em um recipiente, leve a água ao fogo e adicione as folhas. Ao alcançar fervura, deixe a mistura no fogo por cerca de 10 minutos. Em seguida, desligue o fogo, tampe o recipiente e deixe a mistura descansar abafada por mais aproximadamente 10 minutos. Coe e adoce em seguida e, quando a mistura amornar, consuma. A dose indicada é de duas a três vezes por dia, de preferência antes das principais refeições diárias.

Consuma o chá diariamente da maneira indicada durante uma semana e, caso não haja melhoras nos sintomas, não continue o tratamento e procure um médico.

O consumo do bálsamo pode ser feito ainda na forma de saladas e sucos, mas indicamos que, sempre antes de iniciar um tratamento com qualquer medicamento, industrializado ou natural, um médico seja consultado para avaliar se é o tratamento adequado para cada paciente.

Contraindicações

O chá de bálsamo é contraindicado aos pacientes com hipersensibilidade aos componentes da planta.


Reportar erro