Chá de Agoniada

Na medicina popular a planta conhecida como Agoniada é muito utilizada para tratar sintomas associados…


Chá de Agoniada

Imagem: Reprodução

Na medicina popular a planta conhecida como Agoniada é muito utilizada para tratar sintomas associados ao ciclo menstrual das mulheres. Ela é uma árvore grande que tem a madeira bem rija e uma casca muito amarga. Em território brasileiro o seu cultivo é grande, principalmente nas regiões entre Goiás e o Rio Grande do Sul. Suas folhas e cascas são utilizadas, sobretudo como chá, e a Agoniada ainda traz vários nomes populares pelo Brasil, entre eles: Quina Branca, Sucuba, Arapou, Jasmim Manga, Tapouca, etc.

Princípios ativos da Agoniada

  • Glicosídeos;
  • Plumerina e ácido plumeritânico;
  • Alcaloides;
  • Princípios amargos;
  • Açúcares;
  • Iridoides;
  • Fulvoplumerina;
  • Glicídios;
  • Óleos essenciais (farnesol e citronerol);
  • Plumerídeo;
  • Resinas.

Indicações da planta

  • Febre;
  • Cólicas menstruais;
  • Asma brônquica;
  • Ansiedade;
  • Atorrías gastrointestinais;
  • Catarros crônicos;
  • Clorose;
  • Amenorreia, como estimulante da função gonadal e regulador dos ciclos mentruais;
  • Dores, sendo analgésico e sedativo;
  • Espasmos;
  • TPM;
  • Constipação intestinal;
  • Dispepsia;
  • Edemas;
  • Inflamações;
  • Gastrite;
  • Etc.

Contra-indicações

A Agoniada deve ser totalmente evitada durante a gestação, pois as mulheres grávidas têm maior propensão a diarreias, além de que a planta age direto sobre o aparelho reprodutor feminino. Evite também consumir durante o aleitamento materno e as crianças também não devem. O látex produzido na casca, em doses elevadas, chega a produzir síncope, delíquio e até pode gerar a morte! SEMPRE procure um médico especializado para que tenha o aval correto do seu problema e, dessa forma, encontrar o tratamento exato para ele.


Chá de Agoniada – Preparando e tomando

Ingredientes:

– 1 litro de água mineral ou filtrada
– 2 colheres de sopa das folhas de Agoniada trituradas e prontas para uso

Modo de preparo:

Coloque em 1 litro de água duas colheres de sopa das folhas trituradas e deixe cozinhando por 10 minutos, a partir do momento em que a mistura levante fervura. Após o tempo correto, desligue o fogo e deixe repousando com uma tampa por mais 10 minutos. Um pouco mais frio, chega a hora de coar e finalmente o chá está pronto para uso.

Modo de beber:

Em um dia, beba uma xícara três vezes. Podendo ser pela manhã, tarde e noite, ou outro horário que preferir, mas não beba tudo de uma vez.


Reportar erro