Cáscara sagrada – pra que serve?

Por Débora Lima

A Rhamnus purshiana ou Cáscara Sagrada, como é chamada no Brasil, é uma planta reconhecida no mundo da medicina natural desde 1800, quando americanos descobriram através de receitas indígenas seus poderes de cura.

Cáscara sagrada - pra que serve?

Propriedades e benefícios desta planta | Imagem: Reprodução

Entre os benefícios oferecidos pelo chá da casca da árvore, o principal é o auxílio na digestão dos alimentos, por isso é recomendada em casos de prisão de ventre.

Um dos fatores que mais chama a atenção para esse poderoso remédio natural é que ele tem efeito imediato no organismo, não causando danos colaterais, como cólicas ou diarreias.

Por ter efeito laxativo e diurético, a Cáscara Sagrada também é utilizada em alguns tratamentos no auxilio da perda de peso. Mas vale lembrar que nenhum estudo médico comprovou efeitos reais nesse aspecto.

QUANDO DEVO RECORRER AO USO DA CÁSCARA SAGRADA?

Entre os benefícios já comprovados a Cáscara Sagrada é recomendada em casos de:

  • Constipação crônica (mais conhecida como prisão de ventre);
  • Restabelecimento do fluxo menstrual;
  • Distúrbios da vesícula Biliar;
  • Infecção da vesícula biliar;
  • Cálculo na vesícula biliar;
  • Distúrbios no fígado;
  • Restabelecimento do tônus do cólon intestinal;
  • Tratamento de hemorroidas;
  • Infecção no Baço;
  • Diabetes;
  • Meteorismo intestinal.

CONTRA-INDICAÇÕES

Como todo medicamento (mesmo que natural), alguns cuidados devem ser tomados em relação ao uso da Cáscara e sua contra-indicação é clara em casos de:

  • Gravidez;
  • Mulheres que estão amamentando;
  • Pessoas que sofrem de distúrbios estomacais (gastrite e úlcera);
  • Apendicite;
  • Colite (inflamação no intestino).

COMO UTILIZAR O CHÁ?

Em algumas farmácias e casas de remédios naturais, já é fácil encontrar a Cáscara Sagrada disponível para consumo em cápsulas e saches prontas para o preparo do chá. Mas em caso de dificuldade de encontrar esses produtos, o preparo é simples, basta deixar as cascas em infusão na água quente, já fervida, por cerca de 10 minutos, esperar esfriar e tomar duas xícaras do chá por dia.