Café verde – Poderoso aliado da dieta

Arroz preto, maracujá vermelho e agora o café verde. É cada dia mais comum ouvirmos…


Arroz preto, maracujá vermelho e agora o café verde. É cada dia mais comum ouvirmos falar sobre os alimentos que agem como suplementos naturais para emagrecer. Diferente do que acontece com o grão torrado, o café verde preserva as substâncias que auxiliam no emagrecimento e ainda combate os radicais livres.

Café verde – Poderoso aliado da dieta

Imagem: Reprodução

Estudos da Sociedade Americana de Química provaram que a ingestão contínua do grão verde estimula até 10% de perda do valor da gordura corporal. Os testes foram feitos com indivíduos durante seis meses e, aqueles que ingeriram o pó de café verde apresentaram resultados positivos.

Benefícios do café verde

As ações que estimulam o emagrecimento estão relacionadas à composição do grão, que conta com cafeína, quinídeos, ligninas, trigonelina, antioxidantes e ácidos clorogênicos – substância responsável pelos principais benefícios do café verde.

O processo de torra de um grão quebra suas moléculas e ameniza suas ações, por isso o café verde emagrece, já que conserva as propriedades do grão. Com cafeína concentrada, o ingrediente é responsável por estimular o funcionamento do organismo, ação que faz com que o metabolismo acelere resultando em maiores gastos energético e, consequentemente, em perda de peso.

Mas, a principal ação emagrecedora do café verde depende do ácido clorogênico. A substância é responsável por desacelerar o processo de absorção e liberação de açúcar no sangue. A ação faz com que o organismo busque outras formas de obter energia, como a queima de gorduras localizadas.


A quantidade de polifenóis contida no grão também chama atenção. As substâncias são consideradas antioxidantes e combatem os radicais livres, livrando as células do envelhecimento precoce.

Como consumir

O consumo do café verde deve servir como uma medida para acelerar ou intensificar a perda de peso e não tido como única alternativa.

Em farmácias de manipulação e lojas de produtos naturais é possível encontrar as cápsulas de café verde. Porém, o uso deve ser cauteloso e o cuidado na hora da compra é imprescindível: a composição deve contar com mais de 45% de ácido clorogênico.

Para evitar a presença de substâncias nocivas na composição, é recomendado optar pelo pó solúvel de café verde, que pode ser diluído em água ou acrescentado em sopas, sucos e saladas.

O consumo diário deve variar entre 200 a 400 mg por dia e a dose pode ser dividida em duas. A primeira deve ser ingerida meia hora antes do almoço e a segunda, meia hora antes do lanche da tarde. O consumo não pode ultrapassar às 18 horas, já que a quantidade de cafeína pode atrapalhar o sono – processo indispensável para emagrecer com saúde.

Contraindicações

Além de crianças, idosos e gestantes, pessoas com propensão ao nervosismo, depressão ou ansiosas devem evitar o uso. Aqueles que tem problemas de coração devem consultar seu médico antes de começar a usar o café verde.


Reportar erro