Benefícios do guaraná

A lenda do Guaraná Reza a lenda indígena que o responsável pelo guaraná foi Tupã,…


A lenda do Guaraná

Reza a lenda indígena que o responsável pelo guaraná foi Tupã, um dos deuses mais poderosos da mitologia indígena. Segundo o relato, um casal de índios não podia ter filhos, e o deus decidiu conceder-lhes uma criança de bom coração. O filho do casal cresceu e sua bondade acabou por irar Jurupari, deus da escuridão, que decidiu tirar a vida do jovem. Ao ver a mãe do rapaz totalmente desesperada, Tupã lhe propõe que semeie os olhos de seu filho num pedaço de terra, e assim bons frutos floresceriam dele. Nasceram então os primeiros arbustos da planta que se assemelha aos olhos humanos, o guaraná.

Guaraná

Foto: Reprodução

Constituintes

Não se sabe se a lenda acima, de fato, pode ter acontecido, mas ela demonstra como o guaraná é especial. Para entender melhor o que o faz tão importante, é preciso conhecê-lo melhor. A planta possui os seguintes constituintes: cafeína, cálcio, fósforo, ferro, vitamina A, amido, catequina, potássio, açúcares, taninos, teofilina, teobromina, proteínas e tiamina.

Propriedades

O guaraná possui propriedades antibacterianas, diuréticas, energéticas, afrodisíacas, dilatadoras, antioxidantes, estimulantes e adstringentes.

Benefícios

O guaraná tornou-se nacionalmente popular e conhecido por ser uma grande fonte de energia. De fato, sua alta concentração de cafeína – maior do que qualquer outro produto, incluindo o próprio café – permite que a pessoa sinta-se tanto mental quanto fisicamente revigorada e estimulada para desenvolver plenamente as suas atividades.


Outro grande benefício é que seu consumo alivia e previne o envelhecimento precoce. Sua propriedade antioxidante renova as células do corpo, evitando o desenvolvimento acentuado de rugas e sinais de expressão, além de outras características referentes ao envelhecimento.

Seu consumo é indicado para quem tem tendência a desenvolver diabetes, já que é eficiente em manter estabilizados os níveis de glicose no sangue. Também diminui o apetite e aumenta a quantidade de calorias gastas, obrigando o organismo a queimar suas reservas de gordura e assim promovendo o emagrecimento.

Ainda, o guaraná é um excelente auxiliar no combate contra a pressão alta – ou muito baixa. Isso se dá, pois ele consegue dilatar os vasos sanguíneos, expandindo-os e permitindo que o sangue, juntamente com nutrientes e oxigênio, circule melhor pelo organismo, mantendo a pressão controlada.

Como consumir?

A melhor forma de consumir o guaraná e obter todos os benefícios acima citados é através de sua forma em pó. Basta dissolver uma colher de sopa do pó de guaraná num copo de água, suco ou leite, diariamente. Se não encontrar ou não adaptar-se ao gosto, pode optar pela versão em cápsulas.


Reportar erro