Benefícios e propriedades da ervilha

As ervilhas são comumente usadas em diversos pratos que vão desde saladas sofisticadas até os…


As ervilhas são comumente usadas em diversos pratos que vão desde saladas sofisticadas até os cachorros quentes de lanchonetes. Amadas ou odiadas pelo seu sabor e textura, essa leguminosa pode ser, além de um complemento de sabor para o prato, uma bomba de benefícios para a saúde de quem as consome.

Em dois tipos de grãos, as ervilhas podem ser encontradas no tipo liso, que é pequena e pouco apreciada, e no tipo rugoso, que é maior e mais saborosa, levemente adocicada.

Benefícios e propriedades da ervilha

Benefícios e propriedades da ervilha

Foto: Reprodução

Com diversos benefícios a saúde que variam de acordo com a espécie do grão, este alimento certamente deve ser adicionado à sua alimentação. Ricas em sais minerais como o cobre, o cálcio, o potássio, o fósforo, o enxofre e o ferro, as ervilhas ainda possuem vitaminas K, E, A, B e C.


Suas propriedades envolvem sua ação como anti-inflamatório, antioxidante, entre outras que contribuem para o combate às doenças do coração, radicais livres e envelhecimento precoce, anemia, osteoporose, atuando ainda no fortalecimento dos ossos e da visão e atuando como um cicatrizante. Suas propriedades ajudam também a diminuir os níveis de colesterol ruim e de açúcar no sangue, além de ser rica em fibras que além de regularem o funcionamento intestinal, ajudam no emagrecimento por promover a saciedade além de possuírem um nível muito baixo de calorias, controlar a liberação de açúcar – o que o faz um alimento ideal para diabéticos – e fornecem energia. Devido à presença da vitamina C, age ainda estimulando o sistema imunológico e prevenindo o câncer.

Como consumir?

Apesar de ser um alimento cujo período de safra é curto – entre os meses de junho e agosto –, a ervilha pode ser consumida em diversos pratos em todas as épocas do ano, pois podem ser congeladas ou enlatadas.

Para consumir, você pode inserir as ervilhas em saladas, pratos quentes ou frios como sopas, carnes, arroz de forno, empadas, entre outras. O importante é adiciona-la às refeições, pois além de oferecerem tantos benefícios, ainda dão um sabor e uma textura diferente ao prato escolhido.

Curiosidade

No Brasil, a Embrapa tem aumentado seus esforços procurando desenvolver espécies diferentes de ervilhas que tragam ainda mais benefícios, sendo mais resistentes às doenças também, quando comparadas às espécies importadas. Isso fez com que, nos últimos 20 anos, a importação de ervilhas do país fosse reduzida de forma significativa, em torno de 70%.


Reportar erro