Benefícios e cuidados com o chá de “pata-de-vaca”

Por Redação

Vaca

Imagem: Reprodução

O que é “pata-de-vaca”, afinal?

É uma árvore brasileira, Bauhinia forficata Link (Leguminosae), muito usada em paisagismo, por causa de suas belas flores e folhagem, cujo formato das folhas lembra  a pata dos bovinos. É muito conhecida na medicina popular como benéfica para tratamentos d0 diabetes.

Quais são os benefícios do chá de pata de vaca?

Benefícios e cuidados com o chá de "pata-de-vaca"

Foto: Reprodução

A sabedoria popular foi confirmada em pesquisas científicas e concluiu-se que a planta realmente tem a capacidade de diminuir os níveis de glicose (“açúcar”) no sangue. O flavonoide kaempferitrina, presente nas folhas da planta, é uma das substâncias envolvidas no efeito hipoglicemiante (ou antidiabético), além de ser um potente antioxidante. O mecanismo de ação envolvido na ação da kaempferitrina, embora não tenha sido totalmente elucidado até o momento, está relacionado com sua capacidade de estimular a absorção de glicose pelas células. O extrato das folhas da planta ainda apresentou capacidade de reduzir os níveis sanguíneos de triglicerídeos e colesterol total, que contribuem com as complicações do diabetes. Portanto, foi comprovado que Bauhinia forficata apresenta potencial para o desenvolvimento de medicamentos antidiabéticos para auxiliar no tratamento de diabetes tipo 2.  

Além disso, outras propriedades medicinais da pata-de-vaca baseadas no conhecimento popular são conhecidas :

  • diurética;
  • depurativa;
  • analgésica;
  • ajuda no emagrecimento;
  • previne e trata anemia;
  • trata doenças de rins, fígado, vesícula, estômago e baço;
  • diarreia;
  • diurese;
  • gota;
  • hemofilia;
  • doenças de coração;
  • doenças urinárias;
  • hipertensão arterial;
  • estimula apetite;
  • cálculos na bexiga.

É preciso moderação no uso do chá de pata-de-vaca!

Da mesma forma que o recomendado para outras plantas medicinais, é preciso parcimônia no uso do chá das folhas de pata-de-vaca. As folhas contêm várias substâncias químicas, algumas delas responsáveis pelo efeito antidiabético, que são extraídas pela água quente no preparo do chá. Entretanto, as outras substâncias presentes na planta podem apresentar outros efeitos sobre o organismo, que quando em excesso podem ser inclusive tóxicas ou interagir com outros medicamentos. Portanto, se você está seguindo tratamento médico, usando outros medicamentos, apresenta doenças crônicas ou está grávida, não utilize o chá sem o conhecimento do seu médico.

As pesquisas continuam e novas evidências a respeito dos benefícios da pata-de-vaca provavelmente serão divulgadas.

Por enquanto, quem quiser fazer uso do chá de pata-de-vaca deve: fazer uma decocção com 1 ou 2 folhas limpas da árvore, em duas xícaras de água. É importante rasgar ou picar as folhas antes de colocar na água, para facilitar a extração das substâncias das folhas. Assim que levantar fervura, desligue o fogo e aguarde amornar, bebendo duas xícaras ao longo do dia, obviamente sem adoçar!

Esse chá é contraindicado para gestantes e lactantes (quem amamenta).

Revisão do texto