Benefícios de comer Pipoca

Por Nayla Georgia

Benefícios de comer Pipoca

Imagem: Reprodução

Chegou a hora de a pipoca sair das sessões de cinema e passar a fazer parte do nosso cardápio com mais frequência. Um novo estudo feito na Universidade de Scranton, nos Estados Unidos, verificou que esse alimento contém vários nutrientes, tais como fibras e antioxidantes, contribuindo para a prevenção de doenças no intestino e até mesmo retardando o envelhecimento celular. Muitas pessoas pensam que a pipoca só traz malefícios para a saúde e é rica em calorias, sal e gorduras, mas se for ingerida com moderação e certos cuidados no preparo, ela pode ter efeito contrário e trazer múltiplos benefícios à saúde. Mesmo quando o grão de milho estoura no calor da panela, os seus nutrientes continuam preservados e agem no nosso organismo, no entanto vale lembrar que para a pipoca ter efeito digestivo é importante ser consumida acompanhada de algum líquido, preferindo a água e sucos, evitando refrigerantes que só fazem mal para o nosso organismo.

Polifenóis – Os antioxidantes presentes na pipoca

Também presentes na maioria das frutas, legumes, em alguns chás, em nozes e azeitonas, polifenóis são antioxidantes encontrados na pipoca e nela eles chegam a ter quase o dobro da quantia encontrada nas frutas. Suas propriedades medicinais são indicadas para diminuir o colesterol ruim (LDL), tratar doenças cardíacas e até mesmo prevenir o câncer. Contanto, esses agentes nutritivos se encontram na cobertura rígida que envolve o grão de milho (aquela casquinha amarronzada) e não na parte macia e branca da pipoca. Essa casquinha é rica em fibras, que irão ajudar na digestão. Portanto, dos lanches salgados que comemos, a pipoca é o que contém mais benefícios para a saúde, se consumida com prudência.

Atenção! Os polifenóis somente poderão ser absorvidos pelo organismo se a pipoca não estiver com muita manteiga. Um pacote de pipoca amanteigada ainda tem em média 900 calorias e mesmo contendo as fibras e antioxidantes, não é considerado vantajoso para a saúde. Se for consumir a pipoca de micro-ondas, dê preferência às que não têm sabor, pois estas contêm menos sódio em sua composição.

Aprenda a fazer uma pipoca saudável!

Ingredientes:

– Milho de pipoca
– Óleo de canola, girassol ou azeite de oliva
– Sal

Modo de preparo:

  1. Coloque quatro ou cinco gotinhas do óleo na panela e deixe esquentar por alguns segundos;
  2. Com o óleo já aquecido, coloque o milho de pipoca na panela, tampe e espere os estouros;
  3. Depois de o milho parar de estourar, desligue o fogo e ponha a pipoca em um recipiente.
  4. A quantidade de sal fica ao seu gosto, mas lembre-se de que o cloreto de sódio não deve ser consumido em exagero. Use pouco sal e seu organismo agradece.

*A manteiga e a margarina não são indicadas para o preparo da pipoca, isso porque saturam mais rápido que o óleo, se transformando na gordura trans, que faz muito mal para a saúde.