Benefícios da vitamina D para a saúde

Além de fortalecer os ossos, a vitamina D protege o cérebro, músculos e a pressão arterial. Conheça os benefícios deste nutriente


Denominada como vitamina D em 1922, pois acreditava-se que a substância apenas poderia ser obtida por meio da alimentação, esta vitamina é, na verdade, um hormônio. A partir da década de 1970, os estudiosos descobriram que o nutriente poderia ser sintetizado pelo organismo, sendo um hormônio esteroide lipossolúvel essencial para o organismo humano, que controla 270 genes, inclusive células do sistema cardiovascular.

Benefícios da vitamina D

Benefícios da vitamina D para saúde

Foto: Pixabay

Uma boa maneira de manter os níveis adequados de vitamina D no organismo é tomar sol de 10 a 15 minutos, duas vezes ao dia, pois os raios ultravioletas do tipo B (UVB) são uma das principais fontes de absorção do nutriente. Confira os benefícios da vitamina D para a saúde:

Fortalecimento dos ossos

Esta vitamina é necessária para a absorção do cálcio, mineral responsável por fortalecer ossos e dentes. A carência da vitamina D pode provocar raquitismo na infância e a osteoporose na vida adulta.

De acordo com os resultados de uma pesquisa realizada pela Universidade de Zurique, a suplementação de vitamina D reduz em 20% o risco de fraturas no quadril e em outras regiões, exceto na coluna vertebral.

Força muscular

A vitamina D contribui para a saúde e força dos músculos, sendo que a sua deficiência resulta no aumento do risco de quedas e fraturas.

Prevenção e controle do diabetes

A diabetes tipo I é uma doença autoimune e a vitamina D pode ser útil por inibir seletivamente o tipo de resposta imunológica que reage contra o próprio organismo.


Esta vitamina também influencia na produção de renina, substância que, em falta no organismo, favorece o aparecimento da doença.

Cérebro sadio

Várias pesquisas apontaram que a carência de vitamina D no organismo está relacionada a alterações cognitivas, comportamentais ou de personalidade, como o mal de Alzheimer e Parkinson. No entanto, mais pesquisas devem ser realizadas para saber se, de fato, os alimentos ricos nesta vitamina seria capaz de prevenir o cérebro dessas doenças.

Controle da pressão arterial

A vitamina D também é importante para controlar a pressão arterial. Este nutriente é o principal responsável por controlar o enrijecimento das artérias que eleva a pressão nas mulheres e, quando existe a carência da vitamina, o organismo feminino se esforça mais para manter o equilíbrio circulatório, sobrecarregando algumas funções e gerando um aumento na pressão e outros desconfortos, tais como transpiração excessiva e tontura.

Fontes de vitamina D

Embora esteja presente em alimentos como peixes e óleos vegetais, a quantidade não supre a quantidade que o organismo necessita. Para evitar a carência do nutriente, é necessário se expor à luz solar, de 15 a 20 minutos ao dia. Os braços e pernas devem estar expostos e o filtro solar não deve ser utilizado, pois inibe a retenção da vitamina D.

Lembre-se de tomar sol em horários mais amenos e, após os 20 minutos para obter a vitamina, passe o protetor solar.

Os suplementos de vitamina D são utilizados após a realização de exame de sangue e a constatação  de falta da substância.


Reportar erro