Benefícios da farinha de centeio para o organismo

Entre fibras e carboidratos, a farinha feita com centeio é excelente para quem deseja manter o corpo saudável e com poucas gorduras


Utilizada na preparação de tortas, biscoitos, pães, bolos entre outros, a farinha de centeio é rica em nutrientes e minerais, pois carrega consigo as propriedades presentes no grão. O centeio é semelhante ao trigo e a cevada, recebe como nome científico Secale cereale L. e é mais comum em zonas de clima frio, por essa razão, no Brasil a área que mais se destaca na produção do mesmo é o Sul. Já na Europa, dois em cada três pães consumidos são feitos com a farinha de centeio.

Mesmo sendo pouco conhecida no Brasil, a utilização deste cereal não é uma técnica recente. Mesmo sem ainda ter suas qualidades nutricionais reconhecidas, o centeio era conhecido, desde a antiguidade, como um dos alimentos de base para os povos escandinavos, sempre ao lado do trigo. Atualmente, foram elaborados estudos que comprovam os efeitos benéficos do grão no organismo humano.

Benefícios da farinha de centeio para a saúde

Imagem de farinha de trigo em tigela

Foto: Depositphotos

Entre fibras e carboidratos, a farinha feita com centeio é excelente para quem deseja manter o corpo saudável e com poucas gorduras. Com estes dois nutrientes é possível provocar saciedade no organismo, prolongando a sensação de fome. Inclusive, comparando a farinha de trigo e a de centeio, esta última consegue desempenhar melhor este benefício. Além disso, o organismo não consegue reter as gorduras devido a digestão lenta e o pouco gasto de energia.


A farinha de centeio ainda é rica em magnésio, manganês, fósforo, zinco e selênio. Desta forma, pode auxiliar o sistema imunológico, intensificando as defesas do corpo. Ainda contém vitamina B9 e fólico, que são responsáveis respectivamente por proteger o corpo contra derrames, doenças cardiovasculares e mal de alzheimer, e otimizar o sistema nervoso e reprodutivo.

Além do mais, este ingrediente pode conter em sua composição propriedades antioxidantes. Isso permite a farinha de centeio a capacidade de deteriorar os radicais livres, responsáveis pela formação de problemas cardíacos, alguns tipos de câncer e ainda a oxidação das células, promovendo o envelhecimento precoce.

O consumo de farinha de centeio diminui a necessidade do corpo de consumir doces, isso porque uma alimentação que conta com este ingrediente é capaz de produzir serotonina, causando bem estar para o paciente. Tudo isso graças ao triptofano que está incluso na composição deste cereal.


Reportar erro