Artrite reumatoide pode deformar articulações de maneira irreversível

Reumatologista esclarece que não há cura para a condição, mas alguns tratamentos podem amenizar os sintomas


A artrite reumatoide é uma doença sistêmica crônica, isto é, pode afetar diversas partes do organismo, embora atinja principalmente as articulações. Esta doença é comum no Brasil e já atinge 0,46% da população, com mais de 150 mil novos casos registrados por ano.

A inflamação pode deformar as articulações, explica médico

Na artrite reumatoide, o sistema imunológico ataca os tecidos do próprio corpo, especificamente a membrana sinovial, uma fina película que reveste as articulações. Isso gera a inflamação das articulações e consequente dor, inchaço e vermelhidão. Nos casos mais graves, pode comprometer os órgãos internos.

Dentre os sintomas mais comuns da condição estão a rigidez muscular; articulações vermelhas, inchadas, doloridas e sensíveis; fadiga e diminuição do apetite; dores em regiões como punhos, mãos, pés, cotovelos, ombros, joelhos e tornozelos.

Artrite reumatoide pode deformar articulações de maneira irreversível

Foto: depositphotos


Levi Jales Neto, médico reumatologista do Centro de Terapia Infusional de Reumatologia da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo, esclarece que, conforme a doença avança, a inflamação pode deformar as articulações e erodir os ossos de maneira irreversível. “Não há cura para condição, que é crônica e pode durar vários anos ou a vida inteira. Mas, atualmente existem medicamentos que podem desacelerar sua progressão, melhorar a dor e a qualidade de vida das pessoas”, explica o especialista.

Tratamento inovador para artrite reumatoide

Um dos tratamentos que podem melhorar a dor e qualidade de vida das pessoas é a medicação imunobiológica. “Esse tratamento é inovador e perfeitamente capaz de substituir as altas dosagens de corticoides presentes em tratamentos anteriores. A mudança pode gerar mais conforto e qualidade de vida ao paciente, que lida com menos efeitos colaterais”, esclarece o médico.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) já aprovou diversos medicamentos desta linha. O tratamento é oferecido pela Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo, que conta com três Centros de Terapia Infusional de Reumatologia.

Como prevenir a artrite reumatoide?

De acordo com o especialista, existem algumas medidas que podem ajudar a prevenir e amenizar as consequências da artrite reumatoide. São elas: alimentação balanceada, prática regular de atividades físicas e check-up.


Reportar erro