Arrotos constantes – métodos naturais para evitá-los

Por Gabriel Oliveira

O arroto, ou eructação, é uma das formas que o organismo usa para liberar os gases que são mandados para o estômago através da alimentação, que vai desde o ar que é engolido durante uma simples refeição, até os gases presentes em refrigerantes. Na maioria das vezes, o arroto é acompanhado de um som característico, que torna-se algo inconveniente em certas ocasiões.

Arrotos constantes - tratamentos naturais

Veja como evitar este problema de forma natural | Imagem: Reprodução

Esse barulho ocorre quando o ar sai do estômago e faz com que uma válvula localizada entre a boca e o esôfago vibre. Ao natural, essa vibração provoca um barulho quase imperceptível, mas ele é amplificado pela nossa garganta, ocasionando o som característico do arroto.

Normalmente, a eructação não é caracterizada como um problema médico, mas quando ela começa a ficar persistente e incontrolável, deve receber uma atenção especial, principalmente se forem acompanhados de queimação no estômago, o que pode ser um sintoma de úlcera.

Como evitar

  • Evite beber refrigerantes e/ou bebidas gaseificadas com frequência.
  • Procure comer devagar, mastigando bem os alimentos e sem exagerar na quantidade;
  • Evite falar enquanto se alimenta. Quando falamos e em seguida engolimos, aumentamos a deglutição do ar, que logo depois deverá ser expelido em forma de arroto.
  • Em bebês, o arroto é essencial. Sempre que ele terminar de mamar ou chorar, dê tapinhas de leve nas costas até que os gases sejam expelidos. Quando eles ficam retidos no organismo, podem ocasionar cólicas extremamente dolorosas.
  • Evite mascar balas e chicletes duros demais. Eles tendem a aumentar a produção da saliva e aumentam a ocorrência de gases no estômago.
  • Não force os arrotos. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, isso não alivia o desconforto causado pelos gases.

Tratamentos naturais

Abaixo você confere alguns tratamentos naturais para amenizar esse problema:

Alho

  • Coloque três dentes de alho amassados em um recipiente com água;
  • Deixe-os de molho durante 5 horas;
  • Após cada refeição, tomar 4 colheres (sopa) do líquido.

Salsa

  • Coloque 30g de salsa (raízes e folhas) em um recipiente para chá;
  • Adicione 1 litro de água fervente e deixe descansar;
  • Tomar uma xícara (chá) quatro vezes ao dia.

Beterraba

– Tome 1 xícara (chá) do suco puro da beterraba três vezes ao dia.

Abacate

  • Coloque 20g de folhas de abacateiro em um recipiente para chá;
  • Adicione 1 litro de água fervente e deixe descansar;
  • Tome 1 xícara quatro vezes ao dia.

Mamão

  • Coloque 20g de sementes secas de mamão em um recipiente para chá;
  • Adicione 1 litro de água fervente e deixe descansar;
  • Tome 1 xícara após cada refeição.