Alimentos ricos em antioxidantes

Alimentos, muitas vezes, trazem a solução para nossos problemas de saúde. Confira os alimentos que possuem propriedades antioxidantes.


O antioxidante é uma substância que evita a formação dos radicais livres. Em nosso organismo, existem os antioxidantes naturais, que nada mais são do que as vitaminas encontradas em nossos alimentos ou suplementos vitamínicos, e de minerais e oligoelementos que atuam como antioxidantes sintéticos e orais. Os radicais livres, combatidos pelo antioxidante, favorecem o envelhecimento celular. Os alimentos ricos em antioxidantes são frutas e verduras, apesar de não serem os únicos. É difícil afirmar valores exatos dos antioxidantes nos alimentos, por isso fica difícil definir seu consumo diário.

Alimentos ricos em antioxidantes

Foto: Reprodução


Confira alguns alimentos ricos em antioxidantes:

  • Aveia: a aveia, fonte do silício, auxilia na estruturação da pele e na diminuição da aparência da celulite. A betaglucana, molécula presente na aveia capaz de melhorar a circulação sanguínea também dificulta a absorção da gordura.
  • Azeite de oliva: rico em gorduras monoinsaturadas, o azeite de oliva conta com propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias.
  • Chá de cavalinha, centelha asiática e dente-de-leão: usados para ação diurética, desintoxicam o organismo e reduzem o inchaço. A centelha estimula a circulação sanguínea e o dente-de-leão elimina toxinas.
  • Frutas cítricas: algumas frutas como limão, laranja e goiaba contém vitamina C, além dos bioflavonoides, responsáveis por aumentar o tônus das veias e favorecer a circulação do sangue.
  • Peixes: como excelentes fontes de ômega três e da gordura, os peixes e alguns outros frutos do mar, previnem doenças como a osteoporose.
  • Frutas vermelhas: morango e uvas vermelhas e roxas possuem protoantocianidina, uma substância que auxilia no fortalecimento dos vasos sanguíneos e linfáticos, melhorando a circulação.
  • Mamão e abacaxi: as duas frutas contam com propriedades e benefícios diversos. Ambas contém propriedades antiedemas além de suas enzimas proteolíticas que ajudam na digestão das proteínas.
  • Melão: o melão é de extrema importância na alcalinização do pH sanguíneo, sobretudo quando é ingerido com as sementes.
  • Semente de abóbora: da mesma forma como a semente de girassol, o consumo das sementes de abóbora auxiliam no processo de tornar o pH do sangue mais alcalino, afastando essas inflamações.
  • Sálvia: a sálvia ajuda a regular os hormônios femininos, principalmente o estrogênio, relacionado ao desenvolvimento de celulites.

Reportar erro