Alimentos que tratam e os que estimulam o mau hálito

Popularmente chamada de mau hálito, a halitose é muito comum entre as pessoas; está presente…


Popularmente chamada de mau hálito, a halitose é muito comum entre as pessoas; está presente em aproximadamente 30% dos brasileiros. Em geral a halitose não é considerada uma doença, mas pode ser um indicativo de que há algo errado no organismo, como por exemplo, falta de higiene bucal ou algum problema gastrointestinal, como a gastrite. Alguns casos de diabete e prisão de ventre também podem gerar o mau odor. Mas fique calma, isso só ocorre quando a halitose está presente durante todo o dia. O mau hálito matinal é algo extremamente normal quando tende a ir embora depois de escovar os dentes ou tomar café da manhã.

Alimentos que tratam e os que estimulam o mau hálito

Imagem: Reprodução

Quando não há sinal de nenhuma patologia citada e você realiza uma perfeita higiene bucal, a causa da halitose pode estar escondida no seu cardápio. Alguns alimentos, como o alho e a cebola, são famosos por nos deixar com um hálito bem acentuado. Porém existem outros alimentos tão perigosos quanto esses para o surgimento da halitose, e que se estiverem presentes em excesso no nosso dia a dia alimentar, podem vir a prejudicar nossa vida – nosso emprego ou nosso relacionamento amoroso.


Alimentos que estimulam o mau hálito

  • Bebidas alcoólicas
  • Café
  • Queijos amarelos
  • Chocolate
  • Ovo
  • Condimentos – salame, presunto, mortadela
  • Alimentos gordurosos
  • Couve de Bruxelas
  • Couve flor
  • Alcachofras
  • Azeitona
  • Pimenta
  • Cominho
  • Cravo da índia
  • Sardinha
  • Maionese
  • Mamão
  • Goiaba
  • Qualquer alimento com muito açúcar

Use a alimentação como tratamento para o mau hálito

Além de evitar o consumo constante dos alimentos listados acima, existem algumas outras mudanças no cardápio que você pode fazer em prol do seu hálito. A verdade é que, assim como existem alimentos que provocam o mau hálito, existem também alimentos que o combatem. O iogurte natural, por exemplo, possui em sua composição bactérias que reduzem os níveis de gás sulfídrico no nosso organismo. Esse gás é um dos principais responsáveis pelo odor desagradável.

Substituir alguns produtos por sua versão diet pode ser uma mão na roda, já que o açúcar dos alimentos pode gerar cárie, e consequentemente gerar o mau hálito. Uma das principais armas na luta contra a halitose também é a água. O consumo de no mínimo 2 litros de água por dia é essencial, pois além de estarmos estimulando as glândulas salivares ainda estamos eliminando resíduos da boca e de todo o organismo, como se o estivéssemos lavando constantemente.

Alimentos que combatem a halitose


Reportar erro