Água de cloreto de magnésio para combater infecções, dores e até o câncer

Saiba quais são os benefícios da água de cloreto de magnésio e aprenda a preparar. Descubra como deve ser o consumo para aproveitar suas propriedades


O cloreto de magnésio tem um efeito bastante impressionante, já que produz o equilíbrio mineral no organismo, impulsionando ainda os órgãos e suas funções – como por exemplo os rins, que eliminam o ácido úrico. Ajuda ainda a recuperar as articulações, purificar o sangue, revitalizar o cérebro, rejuvenescer e conservar a juventude. É possível, com o consumo da água de cloreto de magnésio, diminuir as dores, doenças e desgaste natural ou até mesmo eliminá-los.

Entre seus benefícios, podemos citar ainda a prevenção contra a esclerose múltipla e contra gripes, combate ao câncer, prevenção contra o acúmulo de gordura localizada e combate à obesidade. Além disso, desacelera o envelhecimento, elimina a prisão de ventre, cura as hemorroidas e problemas de próstata, ajuda no tratamento da artrite, artrose, bico de papagaio, reumatismo, esporão e problemas nas articulações.

Pode ser usado ainda para casos de constipação intestinal, distúrbios e doenças relacionados à falta de magnésio – estresse, fadiga, ansiedade, insônia, entre outros -, e ajuda a combater diversas infecções, como dores de garganta, por exemplo.

Água de cloreto de magnésio para combater infecções, dores e até o câncer

Foto: Reprodução/ internet

Como preparar água de cloreto de magnésio

– 1 litro de água filtrada pura, sem cloro e se possível sem flúor
– 33 g de cloreto de magnésio

Coloque os dois ingredientes em uma jarra de vidro e misture bem. Consuma conforme a tabela demonstrada ao final desta publicação.


Como consumir

A melhor forma de fazer uso desse medicamento é a fórmula em água de cloreto de magnésio, já que as cápsulas, além de mais caras, não têm a mesma eficiência da água. Um pacote de 33 g aproximadamente custa em torno de R$ 7 e pode ser encontrado em lojas de produtos naturais, mas é importante atentar à sigla PA, que deve estar presente e significa “Puro para análise”.

Apesar de não viciar o organismo, a água de cloreto de magnésio, ao ter o consumo interrompido, pode causar a perda de proteção, já que as reservas de magnésio do organismo irão diminuir. O armazenamento deve ser feito no refrigerador, caso contrário a mistura pode ficar mais amarga.

É importante consultar um médico para melhores orientações quanto ao consumo desse medicamento natural.

Tabela  de consumo

Considere que a dose é um copinho de café:

  • Entre 10 e 40 anos: consumir meia dose pela manhã
  • Entre 40 e 70 anos: consumir uma dose pela manhã
  • De 71 anos em diante: consumir uma dose pela manhã e outra de noite

Reportar erro