Agrião bravo e sua ação anestésica

Indicada para os tratamentos de afecções na boca, esta planta melhora dores de dentes ou nas gengivas, aftas, cáries e outros tipos de inflamações bucais.


Agrião bravo surgiu na América Tropical, onde é mais comum seu cultivo na região Nordeste, principalmente nas serras frescas. Esta planta é conhecida por diversos outros nomes, como jumbu pequeno, camela, jambú, jambuaçú, agrião do brasil, agrião do mato. É quase rasteira, pois seu arbusto pode chegar a até 30 centímetros. Quando plantada através de suas sementes, pode render uma boa colheita se cultivada em uma área com condições semelhantes ao seu ambiente natural.

Assim como outras plantas, o agrião bravo tem propriedades benéficas em todas as partes que o compõe, porém, as flores são as mais usadas, tendo em vista que é onde se concentra a maior quantidade de agentes benéficos. Seu maior potencial é o poder analgésico, e por essa razão, também podem ser encontradas nas clínicas odontológicas, pois os dentistas utilizam de seu poder nas gengivas antes de aplicar alguma injeção.

Neste artigo, você conhece todas as características e benefícios que o agrião bravo pode oferecer à saúde. Além disso, aprende como preparar a tintura feita a partir da maceração de suas flores, como utilizá-la e as precauções ao fazer uso desse produto caseiro, que apesar de benéfico, necessita de alguns cuidados.

Agrião bravo e sua ação anestésica

Foto: Reprodução/ internet


Propriedades das planta

  • Anestésica;
  • Aromática;
  • Descongestionante do baço;
  • Digestiva, estomáquica;
  • Estomáquica;
  • Excitante;
  • Hepática;
  • Nevrálgica;
  • Tônica;
  • Sialagoga;
  • Vesicante.

Benefícios do agrião bravo

Esta planta é altamente indicada para os tratamentos de afecções na boca, podendo assim melhorar formigamentos, dores de dentes ou nas gengivas, aftas, cáries e outros tipos de inflamações bucais, isto porque ela tem um poder anestésico. Além desses benefícios, o agrião bravo também pode ser usado no preparo de peixes, crustáceos e aves.

Preparo e utilização da tintura

Para preparar a tintura de agrião bravo, é preciso botões florais da planta, álcool 70% e água filtrada e fervida. Primeiramente, lave as flores da erva com água corrente. Em seguida, coloque-as em um recipiente e adicione tanto o álcool, quanto a água. A medida certa desses líquidos é uma parte de álcool para três de água.

Tampe o recipiente e deixe por maceração durante cinco dias. Passado o tempo proposto, filtre o líquido com  o auxílio de um algodão e guarde em frascos de vidros. Se bem tampado e armazenado, a validade desse remédio natural é de três meses. Quando se fizer necessário o seu uso, pegue um algodão, gaze ou cotonete, molhe na tintura e aplique na área afetada.

Contraindicações e cuidados essenciais

Pacientes que tomam remédio controlado e continuamente, devem se certificar com seus médicos se podem fazer uso ou não deste medicamento natural. Grávidas e mulheres em período de lactação também não devem fazer uso dos produtos à base dessa planta. Outro cuidado que o interessado deve ter ao utilizar a tintura do agrião bravo é evitar o contato com a garganta, uma vez que isso pode provocar grave paralisia transitória da glote.


Reportar erro