Acabe com a coceira na virilha naturalmente

Virilhas que coçam sem parar, apresentando vermelhidão no local ou feridas, podem inclusive provocar mau…


Virilhas que coçam sem parar, apresentando vermelhidão no local ou feridas, podem inclusive provocar mau cheiro e inchaço no local afetado. Será que esse problema tem solução?

Tem sim! Vamos conhecer algumas dicas simples neste artigo e acabar de uma vez por todas com esse problema de coceira na virilha. Confira!

Como surgiu a coceira na virilha?

A coceira na virilha pode ter origens variadas, como por exemplo:

  • Falta de higiene;
  • Crescimento de pelos;
  • Após uma depilação;
  • Utilização de gilete;
  • Fungos, micoses e doenças venéreas;
  • Alergias a determinados produtos ou tecidos;
  • Roupa apertada;
  • Picada de inseto.

Falta de higiene

Para evitar adquirir coceira na virilha em função da falta de higiene a dica é tomar banho todos os dias. Utilize qualquer sabonete neutro para não irritar a área afetada e seque muito bem a pele da virilha.

Durante o período em que a virilha estiver irritada, evite de utilizar roupas apertadas no local e dê preferência a tecidos leves ou de algodão.

Acabe com a coceira na virilha naturalmente

Foto: Reprodução

Crescimento de pelos após a depilação

O crescimento de pelos ocorre algumas semanas depois da depilação de arranca os pelos ou até mesmo no dia seguinte, após a raspagem deles com gilete. É muito comum que durante o período de crescimento dos pelos, a pele fique um pouco irritada, vindo a provocar coceiras.


O ideal para evitar o crescimento da coceira é não coçar o local afetado, prevenindo mais coceira pela frente, além de uma possível vermelhidão ou mesmo feridas. A dica é sempre passar um creme hidratante após a retirada dos pelos da virilha. O creme irá aliviar a irritação da pele diminuindo a vontade de coça-la. Se possível evite a utilização de roupa em contato direto com a virilha após a aplicação do creme.

Outra dica é realizar uma esfoliação antes da retirada dos pelos, e sempre que for realizar a retirada dos pelos com a gilete, utilize sempre a gilete no sentido de crescimento dos pelos.

Fungos, micoses e doenças venéreas

Para a coceira ocasionada por fungos, micose ou até mesmo por doenças venéreas, é recomendado o tratamento diretamente com um dermatologista. O médico precisa analisar a região e indicar o tratamento adequado para a doença correta. Em casos mais avançados o médico pode inclusive, indicar remédios de uso oral, tratando o problema de dentro para fora.

Alergias a determinados produtos ou tecidos

Sempre que nos depararmos com algum produto ou tecido utilizado que venha a causar algum tipo de irritação, a dica é suspender o uso. Com o tempo a pele irá voltar ao normal, do contrário, pomadas como Polaramine ou Fernergan, são uma ótima dica para acalmar e amenizar o incomodo.

Roupas apertadas

Em caso de coceira proporcionada por roupas muito apertadas, suspenda a utilização dessas peças. E lembre-se: sempre que você voltar a utiliza-las possivelmente o problema de coceira retornará ao seu corpo.

Picadas de insetos

Picadas de insetos provocam desconforto em qualquer local de nosso corpo, e com a virilha não seria diferente. Caladril em pomada é uma ótima dica para solucionar o problema da coceira e vermelhidão.


Reportar erro