Abscessos – amenizando o problema com tratamentos alternativos

Abscesso é uma doença dermatológica causada pelo acúmulo de pus e material infectado, ocorrendo em…


Tratamentos para abcessos

Imagem: Reprodução

Abscesso é uma doença dermatológica causada pelo acúmulo de pus e material infectado, ocorrendo em qualquer tecido do corpo, semelhante a um furúnculo. Pode ser causado por algumas substâncias químicas, amebas e infecções bacterianas. Não possuindo um padrão específico, atinge pessoas de várias faixas etárias. O líquido purulento, dito como o pus, é formado devido à necrose do tecido original saudável, leucócitos e microoganismos, que envolvem a enfermidade e evitam que a infecção migre para as demais partes do corpo do indivíduo. Dentre os seus sintomas estão a febre alta, calafrios, suores, mal-estar e sensibilidade ao toque no local infectado. Tendem a acontecer geralmente em casos de obesidade, quadro de seborreia, higiene feita de forma falha, diabetes e pessoas usuárias de fitoterapia onde está presente o corticoide, têm o sistema imunológico débil, alimentação nutricionalmente inadequada e usam roupas justas ou apertadas demais. Os tipos mais comuns de abscesso são os vaginais, abdominais, gengivais e nas axilas.


Tratamento

No tratamento desta doença, evite por completo as gorduras em sua alimentação: tais como frituras, manteigas, chocolate, queijos e ovos. Opte por alimentos naturais que ajudem na depuração do sangue (cereais integrais, frutas e verduras cruas). Os alimentos depurantes irão eliminar substâncias impuras que estão contidas no sangue, auxiliando na cura da enfermidade. Entretanto, a eliminação das impurezas sem o efeito dos alimentos adequados, pode causar a infecção generalizada. Caso isto ocorra, consulte o tratamento médico urgentemente.

Abaixo, alguns tratamentos naturais que auxiliam na eliminação do abscesso

Grupo de Hortaliças:

  • Batata: Aplicação de cataplasma quente no local (cataplasma é o uso do material entre dois panos finos), utilizando a batata cozida e amassada.
  • Cebola: Aplicar cataplasma local de cebola crua e ralada.
  • Inhame: Aplicar compressas de inhame cru e ralado, fazendo a substituição a cada hora, num total de quatro horas. Incluir também o inhame na alimentação, cozido em valor e temperado com sal e azeite.

Grupo de Plantas:

  • Alecrim: Chá de suas folhas. Utilizar vinte gramas para um litro de água. Tome quatro xícaras ao dia.
  • Alfavaca: Chá de suas folhas. Utilizar trinta gramas para um litro de água. Consumir quatro xícaras ao dia.
  • Bardaria: Fazer a aplicação de compressas locais das folhas maceradas. Lembrar que fazer a substituição das mesmas a cada trinta minutos.
  • Boldo: Chá de suas folhas. Utilizar trinta gramas para um litro de água, tomando quatro xícaras ao dia.
  • Jurubeba: Compressa no local com o chá de suas folhas e raiz. Utilizar cem gramas para um litro de água, fazendo a substituição a cada trinta minutos.

Tratamentos alternativos:

  • Geoterapia: Compressa utilizada fazendo uso de argila e carvão vegetal.
  • Hidroterapia: Fazer a lavagem dos abscessos com água quente e salgada durante vinte minutos, duas vezes ao dia. Lavar também os abscessos com o chá das folhas e raízes de assa-peixe. Utilizar cem gramas para um litro.
  • Mel de abelhas: Cataplasma quente utilizando mel, cebola ralada e farinha de mandioca, durante exatas duas horas.

Reportar erro