A ‘milagrosa’ uva-do-monte para combater infecções

A uva-do-monte, ou cranberry, é uma fruta pequena e vermelha, sendo sua cor marcante uma de suas principais características culinárias


A uva-do-monte, também conhecida como cranberry, tem sido considerada um “remédio” natural há séculos. Conta a história, que os americanos nativos usavam essa fruta para combater o envenenamento sanguíneo. A uva-do-monte pertence à mesma família do arando, a Vaccinium. É uma fruta que se conserva bem e uma das suas principais características culinárias é sua cor vermelha marcante.

Valores nutricionais

Para cada 100 gramas de uva-do-monte fresca, podemos encontrar:

  • Calorias – 15
  • Kjoules – 65
  • Fibras (g) – 3
  • Ferro (mg) – 0,7
  • Vitamina C (mg) – 13

Benefícios

Podemos destacar três principais benefícios oriundos do consumo do cranberry. São eles:

  • Previne e trata infecções do aparelho urinário.
  • Fornece resistência às doenças.
  • Em pequenas quantidades, pode beneficiar quem possui cálculos renais.
A 'milagrosa' uva-do-monte para combater infecções

Foto: Reprodução/ internet


Propriedades terapêuticas

  • Infecções urinárias – Ajuda a prevenir e tratar infecções urinárias como a cistite. A bactéria mais comum que causa esses tipos de infecção (Escherichia coli) se desenvolve prendendo-se nas paredes do intestino e da bexiga. Uma substância que ainda não foi identificada na uva-do-monte atrapalha essa adesão. Em testes, foi comprovado que beber o suco dessa fruta reduziu regularmente a quantidade da bactéria na urina. Uma quantidade menor de frutas ou suco, como meio copo por dia, pode ajudar a proteger contra o início de infecções, mesmo em quem tem problemas com regularidade.
  • Impulsiona as defesas do corpo – O cranberry é antifúngico e antiviral. Essas propriedades auxiliam no combate a doenças como os resfriados e frieiras.
  • Pode evitar os cálculos renais – Pequenas quantidades dessa fruta podem ajudar a reduzir o nível de cálcio na urina, evitando assim a formação das pedras renais.

Quanto comer?

Para proteger-se contra infecções urinárias, coma cerca de 75 gramas de uva-do-monte fresca por dia, ou beba 300 ml de suco. Se já estiver tratando a infecção, coma 170 gramas dessa fruta por dia, ou beba de 350 a 500 ml de suco.

Mas tenha muito cuidado, pois o cranberry possui uma grande quantidade de oxalatos, que, à longo prazo, podem estimular a formação de pedras nos rins. Procure não comer grandes quantidades regularmente e não ultrapasse o recomendado.

Cozinhando

Uma das formas mais tradicionais de se consumir a uva-do-monte é em um molho picante, que pode ser servido para acompanhar carnes, peixes oleosos e aves. O molho dessa fruta pode ser doce, como uma conserva, ou feito com menos açúcar. O cranberry picado ou em purê adiciona sabor e cor à frutas mais doces, como pera, pêssego ou melão.

Como escolher?

Pratos caseiros feitos com uvas-do-monte são os melhores, pois as variedades comercializadas normalmente contêm muito açúcar adicionado. As propriedades dessa fruta são estáveis ao calor, mas menos ativas no suco e na fruta seca. Quando comprada fresca, ela se mantém por semanas na geladeira e ainda congela bem. Você pode utilizá-la diretamente do freezer, sem descongelar.


Reportar erro